sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Modern Family 2x11: Slow Down Your Neighbors


Se você não gostou desse episódio, Luke está pronto para te ensinar a amá-lo.

Depois de alguns episódios que realmente me decepcionaram, eis que Modern Family retorna de seu curto hiatus para fazer me fazer feliz. Fazia tempo que eu não soltava uma gargalhada dessas, bem espontânea e incontrolável, simplesmente porque eu nunca poderia esperar que Luke, esse pequeno gênio, fosse utilizar uma técnica pedagógica tão acurada. Ri litros, como dizem por aí, e confesso que vi a cena da bicicleta umas três ou quatro vezes. A situação já era bizarra por si só, com Gloria apelando justamente para Luke, em sua imensa vontade de bicicletear por aí, mas a atuação do menino superou até mesmo o carisma de Sofia Vergara e digo, sem medo algum, que esse episódio foi feito para ele.

O caso é que Luke não foi ótimo apenas nessa cena. Ele fechou o episódio como gente grande e teve boa presença como mero coadjuvante, falando sobre polícia e entregas de pizza. Faz algum tempo que ele vem crescendo na série e se a primeira temporada foi de Manny, ninguém há de dizer que entre as crianças, essa não é a temporada de Luke.

Mas é claro, o episódio como um todo foi muito bom. Phil sempre me faz rir durante seus depoimentos e até mesmo Claire, dando uma de fiscal de trânsito alucinada estava bem.

Jay e Manny continuam tendo a dinâmica menos interessante, servindo de plataforma para que Gloria faça seu show e isso é um grande defeito em relação à temporada anterior, onde todos tinham sua chance de brilhar, mesmo que em pequenos momentos.

A aposta em Mitchell e Cameron continua certeira. Eles sempre se destacam, justamente por que eles parecem mais um casal hétero, do que qualquer outra coisa. Os momentos de afetação de Cameron podem até desagradar o pessoal do ‘politicamente correto’ e a galera que não gosta de caricaturas, mas fato é que a interpretação de Eric Stonestreet funciona maravilhosamente e as premiações estão aí para comprovar.

A participação de James Marsden, como Barry, também foi algo ótimo. Trouxe uma trama completamente absurda e diálogos incríveis com Mitchell, que me fizeram pensar no quanto eu mesma não reviro meus olhos para as coisas e pessoas que eu considero idiotas. A briga no castelinho fechou tudo com chave de ouro, mas desconfio que, de acordo com as sábias palavras de Luke, a polícia não apareça para resolver e aí, quem sabe, uma imensa pistola d’água seja necessária para resolver a situação.
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Leo Gravena disse...

Só eu ou mais alguem achou um duplo sentido em "uma imensa pistola d’água seja necessária para resolver a situação." no final do texto.. HUM
Tava desconfiando desde o começo :P

Camis Barbieri disse...

Não foi isso que eu quis dizer, mas né? Tudo se encaixa.

Anônimo disse...

Fazia um bom tempo que eu não ria tanto com Modern Family! "Luke, I'm your father" foi a melhor frase do episódio! HAHAHA

Mari Bisonti disse...

Também fiquei imensamente contente com essa recuperação de Modern Family. Tomara que só melhore.

Anônimo disse...

A melhor frase do episódio foi “Teacher of the year”, rsrsrsr