quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Modern Family 2x10: Dance Dance Revelation


“Tire um pedaço de uma maçã. Tire um pedaço de uma pêra. Tire um pedaço do biscoito que você deixou ali, mas aqui vai uma coisa que você nunca deve fazer: morder Taylor ou Brandon ou Sue. Porque pessoas não são comida. Pessoas não são comida. Seus amigos fugirão se você assustá-los com mordidas. E como lembrete: partes íntimas são íntimas”.

E aí, cantaram essa linda canção educativa de Cameron? Para mim está simplesmente impossível esquecer o refrão (People aren’t food) em tão resolvi que esse era o melhor jeito de começar a falar desse episódio.

Ultimamente Modern Family não tem sido exatamente a mesma série que foi no ano passado. Não sou de tapar o sol com a peneira e me sinto obrigada a dizer que os episódios não me parecem tão promissores como antes, mas ainda assim a série consegue ser uma boa comédia, com momentos memoráveis como essa singela canção. Aliás, toda a história de Lily e as mordidas foi muito boa, especialmente quando Cameron e Mitchell tentam culpar um ao outro e demonstram de onde, exatamente, que Lily aprendeu a usar os dentes de forma tão... Criativa? E a menina continua com aquela carinha de quem não sabe o que está acontecendo. Não sorri, não chora, nada. Permanece séria e alheia a absolutamente tudo, enquanto os pais se descabelam e tentam colocar pimenta na boca do outro, para ensinar que morder o coleguinha não é legal.

A disputa entre Claire e Gloria também teve seus momentos, mas desconfio que toda a situação nos faça amar cada vez mais Gloria e achar Claire uma chata paranóica.

O melhor de tudo, pelo menos para mim, foi Phil Done Fee. Ele já é praticamente uma moça mesmo e quando colocado junto com Jay, isso fica mais evidente. Enquanto o sogro quer brigar no estacionamento e mostrar que é muito macho, Phil só quer seguir em paz e sem danificar sua cútis, se não for pedir muito, porque afinal, ser homem é muito mais do que sair para comprar roupas chiques, não é mesmo?

A cena do perfume foi épica. Um mimimi como poucos que já vi na TV, mostrando que Phil não está disposto a levar desaforo para casa. “Oasis for Men”? Nunca espirrem antes de terminar a pergunta.
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Anônimo disse...

a história da Claire foi igual a da Halloween, não foi não?! Q o Halloween era a unica data dela.

Jose Antonio disse...

Anônimo disse exatamente o que eu ia dizer. A história da Claire tinha de tudo para ser interessante até que ela vem com o discurso BUT THAT'S MY THUNDER! THAT'S MY THING! MY ONLY THING! Mas hmmm, e o Halloween? Fuón fuón fuón fuón. No final das contas a trama dela ficou meio fail.
A Claire está uma chatona para mim. Mudei meu conceito por ela nessa temporada primeiro porque sua personagem está meio malinha (diferente da Claire bozo do episódio do iPad, por exemplo), segundo que me peguei odiando-a vendo suas participações em talk shows por ae. A pior de todas foi em um ao lado do Ben Affleck, no qual ela ficava se insinuando para ele a cada 5 segundos. Meu, DEPRIMENTE!

Mas voltando ao episódio, fico feliz que você decidiu não tapar o sol com a peneira, Camis.
Eu AMEI a temporada passada de MF e até gritei CHUPA GLEE na janela do meu ape quando MF levou o Emmy mas putz, não tem como negar que ela está meio bunda :(
Esse episódio tinha tudo para ser hilariante, nível da primeira temporada, mas erraram na mão e ficou esse episódio cheio de altos e baixos.

De altos acho que teve a canção, a referência a Twilight, a briga de Cam e Mitchell e o desfecho do telefonema de Cam. E, é claro, a revolta de Phill Done Phee com o perfume.
Do resto, dormi roncando.

Jose Antonio disse...

Anônimo disse exatamente o que eu ia dizer. A história da Claire tinha de tudo para ser interessante até que ela vem com o discurso BUT THAT'S MY THUNDER! THAT'S MY THING! MY ONLY THING! Mas hmmm, e o Halloween? Fuón fuón fuón fuón. No final das contas a trama dela ficou meio fail.
A Claire está uma chatona para mim. Mudei meu conceito por ela nessa temporada primeiro porque sua personagem está meio malinha (diferente da Claire bozo do episódio do iPad, por exemplo), segundo que me peguei odiando-a vendo suas participações em talk shows por ae. A pior de todas foi em um ao lado do Ben Affleck, no qual ela ficava se insinuando para ele a cada 5 segundos. Meu, DEPRIMENTE!

Mas voltando ao episódio, fico feliz que você decidiu não tapar o sol com a peneira, Camis.
Eu AMEI a temporada passada de MF e até gritei CHUPA GLEE na janela do meu ape quando MF levou o Emmy mas putz, não tem como negar que ela está meio bunda :(
Esse episódio tinha tudo para ser hilariante, nível da primeira temporada, mas erraram na mão e ficou esse episódio cheio de altos e baixos.

De altos acho que teve a canção, a referência a Twilight, a briga de Cam e Mitchell e o desfecho do telefonema de Cam. E, é claro, a revolta de Phill Done Phee com o perfume.
Do resto, dormi roncando.