sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Being Erica 3x13: Fa La Erica


Um último gostinho de Being Erica antes do longo hiatus.

O Natal está chegando e esse ano, ganhamos de presente um episódio de Being Erica totalmente em homenagem à data. Isso nunca tinha acontecido antes, até porque, Erica é judia e não teria muito a ver. O surpreendente é que souberam aproveitar isso muito bem e fizeram um bom episódio filler. Quero dizer, tecnicamente esse episódio não é absolutamente necessário para a temporada e para o entendimento da série, mas vale a pena ver porque que tem Dave de gnomo e Ivan de papai Noel, número musical da Julianne e uma trilha sonora festiva que é uma graça, combinando muito bem com a história contada aqui.

Para quem tinha esperanças de saber mais sobre o paciente de Erica a má notícia é que isso vai demorar um pouco e só vai acontecer na próxima temporada, por isso é melhor controlar a fome do monstro da expectativa ou ele pode acabar devorando você.

Gostei bastante da junção que fizeram com o a terapia das viagens no tempo e lance das comemorações de fim de ano. Foi muito legal ver Erica na pele de Julianne, aprendendo que nenhum Natal é perfeito e percebendo que mais do que proporcionar um dia feliz para Adam, ela queria isso para ela mesma.

Como a tradição judaica é muito diferente da católica, Erica sempre quis saber como seria ter uma árvore, ganhar presentes, sentar no colo do papai Noel (porque não?) e ter todas essas coisas que a maioria das pessoas tem, todo ano.

Acho que pela primeira vez acertaram na escolha da Erica mirim, porque a menina era praticamente a versão pré-adolescente de Erin Karpluk. Muito bom ver o clima final também, com aquela máxima de que essas datas são importantes porque são feitas para a gente ficar mais próximo das pessoas que amamos. É clichê, mas acho que é verdade.

E antes de ir, deixo mais uma surpresinha natalina por aqui, com a notícia (bomba?) de que Being Erica deve ganhar uma versão americana, produzida pela ABC. Não vejo nexo nessa iniciativa, já que a Internet existe e a gente pode ter acesso aos episódios de Being Erica até aqui no Brasil, mas lógico que vou conferir essa de perto, se a ideia sair do papel. Só acho que vai ser muito difícil fazerem uma cópia digna da original, além do que Erica é Erin e não quero mais ninguém no papel. Duvidam? Acham que é piada? Clique AQUI e tirem suas próprias conclusões.

Até 2011, com muito mais Being Erica!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Mari Bisonti disse...

Pois é..essa história de Erica Strange americana, não sei não.. E também terá versão britânica, tá sabendo? Agora vamos esperar a RedeTV e toda a sua genialiadade, fazer uma versão brasileira na Argentina.

Pra mim também, Erica é Erin e ponto final, assim como Dr. Tom é Michael Riley.. Comparações seriam invevitáveis e a versão original venceria todas.

Em vez de gastar dinheiro a toa, a ABC bem que podia usar essa grana investindo mais na divulgação da Original e dar mais destaque na programação, passar a série para o ABC1..Enfim..Não sei direito como funciona..

O bom é que assim a série é mais valorizada e nos garante mais temporadas.. ou não?

Anônimo disse...

entãp é oficial? being erica em 2011? 4 teporada?