domingo, 26 de setembro de 2010

Being Erica 3x01: The Rabbit Hole


Being Erica voltou e a nova etapa dessa terapia começa agora.

Preciso dizer que fiquei feliz com o retorno de Being Erica, que é uma das minhas séries favoritas, mas, ao mesmo tempo, não sei se as possibilidades abertas nessa Season Premiere me agradam.

Não vou nem enrolar para perguntar a opinião de vocês, então, lá vai: Erica está morta? Fiquei com essa péssima impressão, quando conhecemos a terapia em grupo e o 3º estágio da evolução no tratamento. Eu entendo que Dr.Tom já morreu e por isso é terapeuta, mas espero estar profundamente enganada nessa suposição. Acho um clichê sem tamanho e um clichê ruim. Viagens no tempo são muito mais interessantes que gente morta pagando os pecados.

Além dessa péssima impressão (que é totalmente pessoal), achei o retorno um tanto quanto lento. Não que isso seja negativo, mas senti falta de alguma coisa que não sei bem o que é. Talvez leve tempo para me acostumar com a nova dinâmica da série e com as pessoas da terapia em grupo.

Já deu para notar que Adam (Adam Fergus) é o novo par romântico de Erica e o problema maior é que não fui com a cara dele. Ethan era um bobalhão e não deve aparecer mais, pelo menos nessa temporada, mas pelo menos era mais bonitinho. Vamos ver se o antagonismo entre Erica e Adam se torna interessante mais para frente.

Confesso não ter entendido muito bem essa raiva de Erica pelo Dr.Tom Parece meio insano acreditar que ela seria exclusiva nesse tratamento, mas, vá lá. E ainda há a curiosidade em descobrir porque Naadiah precisa ter um nome de escrita tão bizarra, quero dizer, porque Naadiah quer tanto ser a responsável pela terapia de Erica. Foi absolutamente infantil a atitude dela na cena final, indo reclamar com Dr. Arthur (Graham Greene).

Entre as coisas bacanas está o foco na vida profissional de Erica. Gosto de vê-la trabalhando com Julianne e Brent promete ser a bitch da temporada, ganhando mais destaque. Isso, sem falar na parte cômica, por que aquele casal formado por Dave e Ivan é um baita alívio cômico para o drama e tenho certeza de que os dois nos trarão bons momentos ao longo dessa 3ª temporada.
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

Mari Bisonti disse...

Being Erica era uma das estréias mais esperadas por mim nessa fall season, é claro junto com Dexter e Modern Family..
Eu também não gosto muito dessa idéia de ela estar morta e acredito que eles não fariam isso.. É um banho de água fria nos telespectadores, é diferente fazer isso num filme de 2 horas e numa série que acompanhamos por 3 temporadas..Nesse episódio eu fiquei com a sensação de final season comentei isso aqui:
http://cultmeplease.blogspot.com/2010/09/rabbit-hole.html

Mas se não for cancelada acho que não acaba agora não..
SPOILER>>>Li uma entrevista com Erin Karpluk e parece que Erica não vira doutora ainda nessa temporada.<<<

Lembrando que vimos o Dr. Tom se atirar do prédio, mas quando Erica pergunta se ele está morto ele desconversa "é mais complicado que isso", e no mesmo episódio ela pergunta o que ele é, e ele diz que não é a hora certa para dizer.

Enfim.. estarei acompanhando suas ótimas resenhas..

Leo Oliveira disse...

Eu comecei a ter medo dessa idiotice da Erica estar morta desde que tomou o chocolate com nozes quando fui rever a temporada e, num diálogo entre o dr. Tom e o dr. Fred, o terapeuta do Kai perguntava se ele já tinha dito para a Erica o que vinha a seguir e o Tom diz que "ela não está pronta". Logo depois tem uma cena do dr. Tom perguntando pra Naaadyjhyiah como ela soube que ele estava pronta, e a vadia diz que quando ele a deixou perceber.

Sinceramente, eu acho que apelar pra esse clichê pra lá de ultrapassado vai ser cagar numa série que tinha tudo para ser genial, apenas por essa necessidade babaca de explicar "logicamente" (e purgatório não é explicação lógica pra ninguém, convenhamos) as viagens no tempo, o que são esses terapeutas e tudo o mais. Por mim eu curtia a série, não tinha nenhuma explicação e cada um deduzisse o que queria, daí sobrava opção pra quem quisesse acreditar em purgatório e pra quem quisesse coisa mais original.

De qualquer forma, vamos torcer para que não seja mesmo isso e esperar que esses novos personagens tenham histórias marcantes, emocionantes e hilárias como as da Erica nos anos anteriores, porque se forem todas que nem a do Adam-ladrão-de-relógios, eu vou ficar pra lá de decepcionado com a série.

Thanos disse...

Acho que a série não vai cair nesta obviedade de purgatório. Suponho que é para pensarmos isso e então nos surpreender. Como a Mari Bisonti bem lembrou, o próprio Tom disse que era mais que isso e não era simples.

Ananda disse...

Pois é, não sei se o Dr. Tom está morto e quem sabe Naadiah está preocupada com o apego que Dr. Tom tem com Erika, pois vejo que a relção deles é diferente. Mas são só especulações sem sentido, no mais gostei do episódio e achei interessante a dinâmica da terapia em grupo que, para mim, é uma tentativa de não deixar a série cair na mesmice. Achei interessante a solução!

monteiroglauber disse...

Veja bem. Esperei por meses esse retorno. Bom, dando uma rápida lida no comentários eu concordo com quem disse que a temporada começou com cara de Season finale. Ao mesmo tempo, soou como uma continuação da segunda temporada, mesmo trazendo novidades, não tinha um gancho tão forte quanto da temporada anterior.

Quanto a possibilidade de Erica estar morta, é a explicação mais comentada em fóruns internacionais que eu já li sobre a série. Eu não tenho toda essa aversão quanto a esse final, desde que seja muito bem explicado e se encaixe num contexto, mas pra mim nem parece lógico (A ideia defendida por muitos, é que Erica morreu naquela cama de hospital do primeiro episodio. Mas de alergia?). Se ela está morta, então o purgatório é o tempo "atual"? As sessões seriam o julgamento? Não penso nisso. Até mesmo porque uma série que trata - a sua maneira - de ciência humana,e até filosofia, não desembocaria num fim espiritual. Porém, confesso, sinto que o final dessa série será com a morte de Erica. Veremos...

Quanto à Nhahdiyhah, não entendi nada. Mesmo. Tem alguma coisa estranha acontecendo ali, alguma regra louca dessa terapia está sendo quebrada. Eu pelo pouco conhecimento de psicologia que tenho, vendo meu irmão atuando como profissional da área, sei que um terapeuta não pode se envolver emocionalmente com seu paciente, e a relação de Erica e Tom vai além de um simples tratamento.

Porém, a cada episódio que assisto, me convenço que Being Erica é das melhores séries já produzidas, e merece todo o reconhecimento, e me declaro empolgado pra ver tudo o que vier pela frente!

Jonyson disse...

Ae galera, pra quem ama de paixão Being Erika como eu, participem da comu
la tem novos links atualizados assim que são lançados os episodios..
abraços...
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=96518642

Vitor Souza disse...

Concordo com tdo!

Diogo disse...

Olha, eu achei o season finale da segunda fudido de bom, achei perfeito, e funcionária muito bem como um series finale, mas esse primeiro episódio veio pra mostrar que pode ter muita coisa interessante ai pela frente.

Gostei muito das idéias novas e dessa nova dinamica. O único problema desse episódio é simples: A história foi chata, essa coisa do roubador de relógio que não queria ver a mae morrer não me interessou nem um pouco, e tb não gostei do cara, espero que ele não seja dele ser o novo par romantico da Erica... mas parece que vai ser.

Nem tinha pensado nessa coisa da Erica estar morta, mas bem, até aceito, não gostaria, mas desde que fassam alguma coisa boa, e não alguma bobagem à lá Lost, ta bom. Mas não acredito que seja isso não.

Acho que essa coisa da Nadhaasahdha querer a Erica deve ter muita historia por traz... fiquei com a impressão que o Tom, fez alguma coisa errada. Acho que com o passar da temporada vamos aprender bem mais sobrte a trapia e seu funcionamento, vai ser bacana.

E o remake britanico que tão querendo fazer? Eu sempre odeio remakes, mas normalmente é o contrário né?! As britanicas que são copiadas... Então, ainda tem alguma esperança.

Diogo disse...

Olha, eu achei o season finale da segunda fudido de bom, achei perfeito, e funcionária muito bem como um series finale, mas esse primeiro episódio veio pra mostrar que pode ter muita coisa interessante ai pela frente.

Gostei muito das idéias novas e dessa nova dinamica. O único problema desse episódio é simples: A história foi chata, essa coisa do roubador de relógio que não queria ver a mae morrer não me interessou nem um pouco, e tb não gostei do cara, espero que ele não seja dele ser o novo par romantico da Erica... mas parece que vai ser.

Nem tinha pensado nessa coisa da Erica estar morta, mas bem, até aceito, não gostaria, mas desde que fassam alguma coisa boa, e não alguma bobagem à lá Lost, ta bom. Mas não acredito que seja isso não.

Acho que essa coisa da Nadhaasahdha querer a Erica deve ter muita historia por traz... fiquei com a impressão que o Tom, fez alguma coisa errada. Acho que com o passar da temporada vamos aprender bem mais sobrte a trapia e seu funcionamento, vai ser bacana.

E o remake britanico que tão querendo fazer? Eu sempre odeio remakes, mas normalmente é o contrário né?! As britanicas que são copiadas... Então, ainda tem alguma esperança.