sexta-feira, 2 de julho de 2010

Battlestar Galactica 4x15x16: No Exit/ Deadlock

Já não sei mais como comentar Battlestar Galactica sem cair em clichês sobre a qualidade da série.

Pois é. Fico feliz quando vejo uma série assim, que vai fundo na trama e encontra tempo para mostrar cada detalhe que faz parte de sua mitologia. Eu imaginava que teríamos um episódio dedicado a mostrar o que teria acontecido com Ellen, mas eles fizeram mais do que isso, aproveitando o tempo também para mostrar os problemas do cotidiano na Battlestar.

Conhecer as origens dessa história me deixou confusa por um tempo e espero ter entendido o que era necessário. Os humanos criaram os cylons mais antigos e depois do holocausto na Terra, sobreviveram apenas 5 deles, sendo Ellen, Tigh, Sam,Tyrol e Tori. Se eu sou uma completa imbecil e não peguei o básico, por favor, me reprovem.

Além dessas revelações todas, feitas por Sam, que lembrou de tudo após ser baleado, Ellen enfrenta Cavill. Criatura e criador, mãe e filho num acerto de contas. Cavill quer ser máquina. Ellen sabe que os cylons precisam de humanidade para sobreviver e sabe também que os humanos precisam de cylons para sobreviver.

Salva da morte pro Boomer, ela chega á Battlestar Galactica para rever Saul e enfrentar o ciúme ao ver Caprica Sex grávida. Impressionante ver como Ellen é consumida por esse sentimento. Ela passa de discursos inteligentes e lógicos para falas mesquinhas e egoístas.Caprica Sex perde o primeiro bebê cylon durante as intensas discussões sobre a partida desse grupo de cylons puros.

A partir desse discurso de união das raças, até mesmo a nave faz parte dessa mistura. Prestes a entrar em colapso, é a tecnologia cylon que salva as estruturas da Galactica. Humanos e cylons já convivem juntos, embora ainda não haja aceitação entre eles, essa relação de simbiose já está se estabelecendo fortemente.

Para completar Gaius, o Inri Cristo das Galáxias, vê seu poder se esvair diante das palavras de uma das gaiuzetes. Sempre uma figura dúbia, ele quer doar ao próximo como se fosse bom, mas é a perda do controle que o incomoda. Por algum motivo que eu não sou capaz de compreender, Bill Adama ajuda Gaius a se armar contra a revolta popular por escassez de comida. É esperar para ver se isso não vai se virar contra o Almirante.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

JD disse...

Olha, eu acho que se a pessoa nao quiser saber spoilers da série, é so ela nao ler o texto. Mas e quando o spoiler ja está na foto que qualquer pessoa que entre no blog vai ver?

Quem ainda está vendo a série e nao chegou aí, vai olhar e pensar "Porra, mas a Ellen nao morreu na terceira temporada?! Entao ela so pode ser o quinto cylon!"

No mais, série fantastica. Das melhores da ultima decada.

Nayane disse...

Perceber que a Ellen voltou tudo bem, mas sacar logo de cara que ela é o quinto aí nem tanto, o objetivo é confundir a pessoa.