sábado, 6 de fevereiro de 2010

Grey's Anatomy 6x13: State of Love and Trust

Grey’s Anatomy está excelente. Chega a tanto que tenho até medo de esperar demais e me decepcionar, como já aconteceu tantas vezes antes. Enquanto eu estiver tendo boas surpresas, vou aproveitar e deixo meu profundo elogio às duas mulheres mais fortes da série, vividas por Chandra Wilson e Sandra Oh. Baley e Cristina são fantásticas e, mais uma vez, fazem a qualidade da série atingir novos níveis.


Fiquei apavorada em pensar na possibilidade de acordar com as tripas pra fora e se fosse eu operando a gritaria seria maior ainda. O tremendo esbrega que ela deu no anestesista, demonstrando seu medo ao aumentar o tom de voz é mais uma dessas cenas marcantes da série. Meredith, mesmo tendo sua operação solo voltou a ficar em segundo plano e justamente por não poder tocar na paciente traumatizada é que Bailey brilhou ainda mais em cena.

Cristina é outro caso de destaque. Passou o episódio praticamente sendo estuprada por Owen, ganhando queimaduras na bunda e sendo submissa, mas explosão dela, nas cenas finais, mostrou quem ela realmente é, num desabafo sincero e cheio de emoção. Confesso que achei aquela pegação do Owen meio culpada, como se ele tivesse traído Cristina, mas até agora são apenas minhas suspeitas e nada indica que isso tenha acontecido.

Gostei muito do caso da pediatria com Arizona e Karev. Eu nunca gostei muito dele, mas há algum tempo o personagem vem ganhando meu respeito. Por outro lado, estou emputecida com Sloan, que traiu Lexie e ainda acha que só ela está errada. Ali rola um zero a zero. Os dois fizeram cagada e deveriam conversar e começar de novo.

Mas, o grande tema do episódio foi Derek se tornando Chief. A narrativa do episódio ficou por conta dele, falando das dificuldades de seu primeiro dia á frente do hospital. O clima fica estranho e pesado quando Richard aparece e precisa decidir entre a aposentadoria e a rehab.

Horas e horas depois, sentado no mesmo lugar sem conseguir tomar uma decisão, é Bailey quem o convence a fazer o tratamento e assumir o problema. É ela também quem ajuda Derek a lidar com um possível processo em sua estréia na chefia mostrando que um simples pedido de desculpas pode mudar o rumo das coisas. No entanto, a situação entre Richard e Derek é mais complicada que isso e vai ser preciso muito mais esforço para que, um dia, a relação de amizade e confiança que existia entre eles consiga se firmar novamente.
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Lili disse...

Também gostei muito do episódio. Mas acredito que o Hunt tá a fim é de Teddy e fica se culpando por já ter passado por um bom bocado com a Cristina e agora abandoná-la...
Gostei do novo site!!!! Clean!!! Amooo!