quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Paradox 1x03: Episode Three



Mais um episódio eletrizante de Paradox confirma a série da BBC como uma boa opção para o período de Hiatus americano. Mais imagens chegam ao computador de Christian King e a equipe do "Projeto Talismã" começa a correr para montar o quebra-cabeças do dia. Dessa vez, eles sabem que um crime sexual está para acontecer e o envolvimento de dois potenciais suspeitas deixa tudo meio embolado.


Tudo o que Rebecca sabe é que precisa salvar a vida de Katie. Essa, corre um risco duplo. Um, por ter arrumado um namorado com tendências à violência e um histórico de agressão sexual. O rapaz, Gerry, nunca fora preso por alegar que as garotas consentiram o sexo, por estarem muito bêbadas.

A outra pista leva até Stuart Taylor, estuprador recém liberado da cadeia e que não teve sua sessão de terapia.

Assim, todos os fatos começam a se ligar e indicar os possíveis caminhos para o crime. King tem as fotos de uma árvore que caiu e esmagou um carro. Esse é o ponto inicial da investigação, já que o acidente acabou impedindo a terapeuta de Stuart de ir trabalhar.

Enquanto Rebecca e King investigam juntos, mais uma vez, Ben tem seu surto pós-traumático, ao descobrir que deveria estar morto. A reação é bizarra. Em vez de ficar feliz, ele se enfurece ao saber que Rebecca e o Ministério da Defesa esconderam dele esse fato e tiraram a possibilidade de ele se despedir dos filhos. Tudo bem que a verdade teria sido mais fácil, mas já que Ben está vivo, não custa ficar feliz. Por causa disso, ele tem uma síndrome de "sou imortal" e enfrenta um estuprador de outro caso, de cara limpa. Mas, logo depois, ele começa a entrar no jogo novamente e acrescentar às investigações.

O que gostei bastante foi o destaque dado a Callum. Ele entra de cabeça na investigação e fica paranóico em defender a dona de um salão de beleza. Ele sabe que algo está para acontecer ali, só não previa que a sensação fosse mais intuitiva do que por causa das fotos do satélite Prometheus.

Depois de Katie quase ser morta e estuprada por Stuart, ele é liberado pela polícia. Tecnicamente não cometeu nenhum crime e está solto para continuar seus planos. Callum continua na espreita e o vê observando o salão Holly. Rebecca e King têm mais uma de suas discussões existenciais e ela chega à conclusão de que é o resultado que importa. Depois de esmiuçar as imagens recebidas, King revela ainda que tem certeza absoluta de que uma delas veio de seu próprio satélite. O mistério, porém, continua. Ele não sabe se mais alguém, além dele, está no controle do equipamento ou se, como pensam alguns, há uma força maior por trás dessas pistas.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Camila Pereira disse...

Paradox realmente se confirma uma boa opção. Vale assistir!

Eder disse...

Essa série é muito boa pelo visto vem ai a 2segunda temporada