sábado, 26 de setembro de 2009

Grey's Anatomy 6x01x02: Good Mourning/Goodbye


Depois de apresentar a melhor Season Finale da Série a expectativa para a Premiere da 6ª Temporada de Grey's Anatomy era, no mínimo, gigantesca. Eu esperei tanto por esse momento que nem consigo acreditar que chegou. Não que houvesse alguma surpresa sobre o desfecho das possíveis mortes de Izzie e George. Há muito, toda e qualquer pessoa com Internet e com o mínimo de interesse em Séries já sabia o que ia acontecer, até por que, a saída de T.R. Knight não era mais novidade para ninguém. O que eu não esperava era esse episódio tão triste e depressivo, que me deu vontade de arrumar uma corda ou um revólver e cometer suicídio. Até tentaram botar umas gargalhadas forçadas no meio, mas as piadas mórbidas não colaram e achei até de mal gosto. Sem falar que o episódio duplo cansou um pouco, por que era muita, mas muita infelicidade junta. Ele retrata cerca de 40 dias após tudo o que aconteceu e segue a linha dos estágios do luto. Negação – Raiva – Barganha – Depressão – Aceitação.
Então, claro, George morreu. Teve aquela dúvida se o homem seria realmente ele, mas Callie idenfica através de uma pinta na mão. Hospital inteiro fica chorando e ninguém tem ânimo para continuar. Izzie, que foi ressucitada, milagrosamente se curou daquele problema de memória. Isso foi a coisa mais descabida do mundo. Depois desse verdadeiro milagre da natureza, Karev não consegue contar sobre George. Mas Callie, que recebe da mãe do ex-marido a incumbência de decidir sobre a doação de órgãos, precisa da ajuda de Izzie e ela diz que George gostaria que todos os órgãos fossem doados. Peraí, isso é tão ridiculamente óbvio. O cara se joga na frente de ônibus pra salvar uma desconhecida e vai negar um fígado pro coleguinha do lado? Drama desnecessário, que gastou preciosos minutos de vídeo com uma coisa que todo mundo já sabia como ia acabar.
Depois disso, o episódio mostra como cada um lida com essa perda e com as novidades que estão por vir. Callie só chora. Chora, chora e chora. Quando as lágrimas acabam, ela vai na novela mexicana ao lado do hospital e compra mais lágrimas. Por outro lado, ela foi a que chorou por todos, já que ficou aquela coisa de 'sabemos lidar com a morte, mas não com a vida depois dela'. Callie também brigou com o Chief, pediu demissão, foi trabalhar no Mercy West e ganhou Mark Sloan como vizinho. Esse então, logo depois do velório pergunta pra Lexie se George era bem dotado. Por que ele não consegue entender como um palermão daqueles pegou meio elenco feminino do programa. Vou confessar que esse foi o momento mais engraçado do episódio. Como eu já disse, ele se muda para o prédio da Callie e a proximidade com a ex-amiga colorida deixa Lexie ciumenta. Só que, como ela está lidando com uma paciente que teve braços e perna amputados por uma hélice de barco, tendo a função de ser a BFF da garota, isso serve como uma bela desculpa para ela não se mudar logo com ele, como havia sido acertado no fim da temporada passada. Esse drama da Clara, aliás, casou bem com a situação do Dr. Owen Hunt, que ainda faz terapia por tentar esganar a Christina. Sem poder fazer sexo com ele até Owen começar a progredir na terapia, Christina fica pior do que nunca no quesito humor negro. É piada de aleijado, de câncer, de esganador. Quando finalmente ajuda Owen a falar sobre a guerra e transa com ele, ela se dá conta de que George morreu. Se tivesse lido as notícias sobre Grey's na Internet, saberia antes.
Drª Arizona, que foi a única mente sã que sobrou no meio disso tudo, trata de um garoto de 15 anos com fortes dores na coluna e não consegue a ajuda deninguém para descobrir o que está acontecendo. Contrariada pelo Chief, Derek é o único que presta atenção nela e ajuda aresolver o problema. Esse, aliás, foi convidado para ser o novo Chief, o que deixou o velho Chief puto da vida. Ele avisa o amigo de anos que a diretoria do hospital planeja um golpe e isso acaba mexendo muito com seu comportamento diante dos funcionários. Ao sofrer um acidente de carro a caminho de sua reunião decisiva, é atendido por Callie no hospital vizinho e ela aproveita para se vingar. A situação toda acaba fazendo-o enxergar uma luz e ele arma sua proposta para ficar no cargo. O que acontece aí é a união dos hospitais Seatle Grace e Mercy West em um só. Tudo para economizar, e vai render algumas demissões também.
Os grandes amigos de George, Meredith, Izzie, Yang e Karev dão risada no velório, mas tem um monte de problemas par resolver. Alex não toca mais em Izzie. Está aterrorizado demais depois de vê-la morrer em seus braços. Ela, triste. Perdeu o melhor amigo e sente a rejeição do marido. Entre eles, tudo se resolve numa boa discussão e é Izzie quem briga com Amanda, a garota salva por George, e a manda arrumar o que fazer da vida, além de sentar num banquinho com cara de mamão.
Meredith, e isso não é surpresa também, não lida com nada. Fica lá, trepando com Derek e evitando pensar no assunto. Só quando vê as coisas de George sendo retiradas do armário, para dar lugar a outra pessoa, ela cai em si e chora. Assim como eu, que caí em depressão profunda depois de ver 1h20 de tanta tragédia, num único episódio.
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

Lunaluar disse...

oie! adorei a resenha, mas so um detalhe, a izzie recuperou a memoria normal antes da parada, qd brigou com alex, no ultimo epi da 5a temporada, da uma olhada la, pelo menos essa mancada nao cometeram rsrs
parabens pelo blog conheci ontem e to devorando tudo e relembrando :)

Michael Oliveira ( Vício de Seriados ) disse...

É verdade! Izzie recuperou a memória. Lembra q o Alex dá mó humilhação para ela falado q ela parece uma mongol q esquece de tudo e vai ser um fardo para ele, pq eles estão casados e bem nessa parte ela deixa de esquecer as coisas em segundos?

Mas adorei a Christina "nõa ter ido na internet e pesquisado sobre Grey's"!! hahaha

E gostei desse episódio. E até concordei com as risadas. Não dá para ficar tristezinho o tempo todo. E a vida continua, além de cada um ter sua propria resposta a morte de um amigo. Tchau O'Malley... Vai tarde!

Camis disse...

To precisando de uns post-its então. não lembrava desse lance da izzie mesmo.

Camis disse...

To precisando de uns post-its então. não lembrava desse lance da izzie mesmo.

Lili disse...

Greys sempre teve um fundo deprê mesmo, principalmente a Meredith. Mas eu gostava do O'Malley quando ele contracenava com a Izzie. Mas durante a 5 temporada ele foi subutilizado... Tava com saudade da série!!!

Michael Oliveira ( Vício de Se disse...

É verdade! Izzie recuperou a memória. Lembra q o Alex dá mó humilhação para ela falado q ela parece uma mongol q esquece de tudo e vai ser um fardo para ele, pq eles estão casados e bem nessa parte ela deixa de esquecer as coisas em segundos?

Mas adorei a Christina "nõa ter ido na internet e pesquisado sobre Grey's"!! hahaha

E gostei desse episódio. E até concordei com as risadas. Não dá para ficar tristezinho o tempo todo. E a vida continua, além de cada um ter sua propria resposta a morte de um amigo. Tchau O'Malley... Vai tarde!