quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Guys With Kids 1x01: Pilot


 
Quanto tempo ainda resta para Guys With Kids?

Todo ano, nessa mesma época, um ou outro Piloto de comédia pelo qual ninguém daria um centavo furado consegue se firmar e ganhar sua base de fãs. Essa introdução não é para dizer que, indo contra qualquer expectativa, Guys With Kids tem potencial de entrar nessa lista. Não tem. A sitcom da NBC, que traz o nome de Jimmy Fallon à baila para tentar mostrar alguma competência, pode ser descrita, simplesmente: apenas ruim.
A situação fica ainda mais crítica quando outras produções do mesmo gênero estão conseguindo boas críticas nesse comecinho de Fall Season. A parada está dura para as comédias e a pergunta inicial torna-se muito válida. Será que Guys With Kids chega a (esperançosos) dez episódios? Façam suas apostas.
A série é problemática em muitos aspectos. O texto sem graça, com piadas recicladas de Facebook (ou 9gag) é um deles e destrói qualquer expectativa que se poderia criar em relação ao elenco. Os atores são jovens e consideravelmente conhecidos, mas a história toda dessa Series Premiere é tão forçada que fica difícil tentar elogiá-los.
A premissa nem é das piores. Em verdade, produções que envolvem o universo infantil e se aproveitam disso para fazer humor estão em alta e há bons exemplos no ar. Só que é como a “série do macaco” (Animal Practice, para quem não lembra). Não basta colocar uma dúzia de bebês e criancinhas juntas como se tudo fosse uma piada pronta, do mesmo jeito que enfiar um macaco numa série não é garantia de qualidade cômica.
Basicamente, a pretensão de Guys With Kids é mostrar o lado engraçado (e até um pouco trágico) na vida de três pais que se ajudam nesse processo complicado que é a criação de uma família.
Um deles, Gary (Anthony Anderson) é casado e tem quatro filhos. Passa o tempo todo reclamando por ser “dono de casa” e ter de cuidar da molecada infernal enquanto a esposa trabalha. Gary é responsável pela máxima “meus filhos quebraram a televisão, nada mais me resta”, que nem de longe é engraçada, embora seja repetida umas quatro vezes durante o episódio.
Nick (Zach Cregger) também é casado e tem dois filhos. São dele todas as maravilhosas piadas sobre Titanic (o filme), que todo mundo já viu mais de mil vezes em qualquer rede social. São coisas do tipo “cabiam dois naquele pedaço de madeira, maldita Rose” que fazem pensar que os roteiristas e criadores da série sequer tem vergonha na cara por usar essa mais uma vez.
Chris (Jesse Bradford) é o recém-divorciado que usa o filho para pegar mulher enquanto tenta se livrar do olhar atento da ex-esposa megera, que só sabe usar um argumento em qualquer discussão sobre a educação da criança: “ele cresceu dentro de mim, eu sei mais”. Chato.
No meio disso tudo, conhecemos Emily (Jamie-Lynn Sigler) a esposa de Nick e Marny (Tempestt Bledsoe), a respectiva mulher de Gary. As duas não tem lá muita função no episódio. Apenas reclamam da vida, da falta de diversão, da falta de sexo, da falta de tempo para si mesmas. Pois é.  Não é a coisa mais engraçada e empolgante do mundo?
Esse piloto faz algumas tentativas de criar bons momentos, mas nenhum deles realmente dá certo. Parece uma boa ideia colocar Gary e Nick num desses joguinhos de coreografia no videogame, mas só parece. Trazer um jogador de basquete para “enterrar os bebês” também soa como ideia de gênio. Só que não. E é isso, basicamente, o que a série apresenta. Uma sucessão de cenas que podem até ser legais no papel, mas que na prática não funcionam nem um pouquinho.
Além de Jimmy Fallon, a série conta com os nomes de Charlie Grandy (The Office) e Amy Ozols (Late Night With Jimmy Fallon) na criação e produção executiva. Rick Wiener e Kenny Schwartz (Two Guys, a Girl and a Pizza Place, American Dad) também atuam como produtores. Scott Ellis (Modern Family, 30 Rock) é o diretor de Guys With Kids.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Danilo Artimos (Dan) disse...

Hmmm senti yma pegada Man Up rs

Breno Alexandre disse...

 Já ia fugir dessa aí só com o material promocional.
Eu ia só ver se esse piloto conseguiria ser pior do que o de How to be a Gentleman
Depois dessa review vou passar é longe aheuahuhea'

Lucas Melo disse...

Mesmo assim vou conferir, kk!

Nana disse...

HAHA aposto que essa série foi baseada no Grupo de Pais do filme 'O que esperar quando você está esperando'