segunda-feira, 27 de junho de 2011

Young Americans: Complete Series


WB de raiz.


Há muitos anos eu cheguei a ver alguma coisa de Young Americans na TV, mas não lembrava absolutamente nada da trama e sabia apenas que era uma tentativa de série que não deu certo, na extinta Warner.

Depois de uma conversa recente sobre séries da WB, resolvi caçar os oito episódios disponíveis, da única temporada e consegui encontrar apenas em péssima qualidade. Isso quando alguma dublagem bizarra em italiano ou chinês, não destruía meu sonho de finalmente assisti-la na íntegra. Como a curiosidade é maior do que meu cuidado com a visão, resolvi encarar no bom e velho RMVB e mesmo com aquela imagem granulada e que deforma as pessoas na tela, valeu a pena.

Os verdadeiros fãs de séries teen não podem deixar de ver. Young Americans, que estreou justamente em época de Summer Season com a intenção de retornar na grade do outono é uma produção que traduz o espírito da WB no inicio dos anos 2000. Sabe aquele clima meio inocente, de juventude saudável e inteligente? Young Americans é exatamente assim e aqueles que assistiram a saudosa Dawson’s Creek sabem exatamente o que quero dizer.

Aliás, vale dizer que Young Americans foi lançada como “spin-off” de Dawson’s Creek, embora a única ligação entre as produções seja a aparição de Will Krudski (Rodney Scott) em três episódios da série, durante a 3ª temporada. Will era amigo de infância de Pacey e chega a se interessar por Andy (ex-namorada de Pacey) durante uma viagem que todos fazem para a casa de uma tia de Dawson.

Na época, o romance entre Pacey e Joey começava a desabrochar e Dawson’s Creek estava em seu auge. Parecia, portanto, o momento perfeito para fisgar o público da série com outra produção do gênero, mas mesmo que Young Americans tenha atingido as marcas de audiência bastante parecidas com a de sua série-mãe (por volta de três milhões de espectadores) e tivesse a Coca-Cola como patrocinadora, a WB resolveu não produzir mais episódios, diante dos protestos dos fãs, que enviaram mini-bandeiras americanas aos executivos da emissora.

No entanto, é importante dizer que mesmo em sua curta vida, Young Americans tem conteúdo (alguns errinhos de continuidade para alegrar a vida) e uma temporada fechada, por assim dizer. É claro que foram deixados ganchos para o retorno, mas em termos de informações e coisas essenciais, a produção não deixa a desejar.

A série mostra a vida de um grupo de jovens na pequena cidade de New Rawley, durante o período de férias, quando a região fica cheia de estudantes ricos, que vem para aproveitar os cursos de verão na renomada Rawley Academy. Will Krudski é morador local, mas consegue uma bolsa de estudos bem a tempo de fugir do pai violento e louco para expulsá-lo de casa. Ele se vê dividido entre os novos e velhos amigos que não conseguem se entender e apesar de ser o protagonista da série (pelo menos em teoria), não é quem merece maior destaque ou quem vive as melhores situações.

Scout Calhoun (Mark Famiglietti) logo se torna o novo amigo de Will. Filho de um rico senador, ele vem de uma realidade muito diferente da de Bella Banks (Kate Bosworth), outra moradora de Rawley, por quem ele se apaixona e com quem ele imagina que será feliz para sempre, não fosse por um detalhe: Scout e Bella talvez sejam irmãos. Para azedar ainda mais a tumultuada relação que se estabelece entre os dois, Sean (Matt Czuchry), velho amigo de Bella, entra para o triângulo amoroso.

Quem conheceu Ian Somerhalder em Lost ou só em The Vampire Diaries vai ter a chance de ver o ator bem mais novo, interpretando Hamilton, filho do reitor da escola que se apaixona por um de seus colegas de classe. Ou quase isso. Jake (Katherine Moenning) na verdade é uma garota que resolveu se infiltrar no colégio só de meninos para tentar chamar a atenção da mãe, atriz que vive em viagens de trabalho e não conhece a filha nem um pouco.

Em meio a tantos mocinhos, temos ainda a figura de Rider (Charlie Hunnam), estudante inglês que adora atormentar os colegas e faz as vezes de “vilão” em algumas situações, como por exemplo, o flagra entre o professor Finn(Ed Quinn) e a esposa do reitor, que tem um caso extra-conjugal.

Como podem ver, é tudo muito simples, seguindo bem a linha das antigas séries produzidas pela Warner. Durante os oito episódios produzidos, conhecemos melhor os personagens, nos apegamos a eles e ficamos com aquele gostinho de quero mais. Eu, pelo menos, fiquei. Young Americans tem todos os elementos que me transformaram numa eterna fã de séries com temática adolescente e por isso, eu gostaria muito que ela tivesse ido em frente e desenvolvido as ideias que deixou no ar.

Comentários
12 Comentários

12 comentários:

Cíntia Costa disse...

Eu lembro dessa série e gostei... o SBT passou (só o SBT sem noção pra exibir essas coisas q n tiveram fim tipo Young Americans, Reunion e etc...rs)

Andrew Maxwel disse...

Olha que coisa, depois do podcast da CW eu também baixei a série e tô vendo, a passos de tartaruga, mas tô vendo. Nos dois eps que eu vi de Young Americans (Poroca's enunciation), estranhei um pouco, mas acho que gostei. Acho que eu sei porque o Poroca gosta tanto da série, já que é recheada de momentos HTs. Sério, a série tem só uma menina (tirando o/a Jake) e cada vez que os personagens se encontram a tensão sexual toma conta. É muita sensualidade (e por que não dizer sensualidade?) entre todos os personagens masculinos, inclusive os adultos.

Saudades do tempo em que Kate Bosworth não era o saco de ossos que é hoje. O único problema é o talento (ou falta de) dos protagonistas. Uma beringela tem mais expressão que o tal do Rodney Scott. É sofrível, mas vale a pena. WB na veia. Bons tempos...

Claudia Miro disse...

Camiiis, uma pergunta meio fora do tema, maiis tu assiste episodios em que formato? sou meio nova nessa vida de seriados, mais to me viciando aqui hahaha obrigada desde já!

Camila Barbieri disse...

Geralmente em AVI ou 720p, depende do quanto eu gosto da série. Eu vou sempre pela melhor definição de imagem, mas na época da internet podre via muito rmvb.

Liliandutton disse...

Eu amava essa serie. O clima de curso de verao era otimo, a musica de abertura fofa. fiquei mal qdo cancelaram.
eu vi recentemente pelo youtube, tem todos os capitulos la.

-N disse...

Fiquei interessada em ver essa série. Será que poderia passar o link pra download? Agradeço desde já.

Maihor disse...

Olá gostaria de ver a serie novamente.... eu adorava, Na Serie tbm já cancelada Three River(acho que assim que escreve) tinha as duas com medicas, kate e Katherine

Kika_TVD♥♥ disse...

Oláá, vc poderia me dizer onde posso baixar a série, vi alguns episódios no you tube, mas realmente gostaria de baixar, gostei muito das cenas q vi em Young Americans, please me diga o link p download??*-*

Keylatiger disse...

Tb quero o link para download, quem tiver passa por favor!

thais disse...

bom me ajude encontra esta mini serie meu face thais_gatinhadengoza@hotmail.com

Mari disse...

Alguém sabe onde baixar?? Eu assistia quando lançou, mas com os anos eu esqueci o nome dela e só fui encontrar com ela de novo por acaso hoje. Queria muito ver de novo!

CAROL disse...

http://youngamericansbrasil.blogspot.com.br/
GENTE ACHEI UM AQUI *-*