sexta-feira, 22 de abril de 2011

One Tree Hill 8x18: Quiet Little Voices


Um episódio feito para rir, chorar e lembrar.

One Tree Hill está na reta final - e se não está, esse episódio, feito para emocionar os fãs, foi uma amostra das inseguranças dos produtores no que diz respeito à renovação da série. Estamos nesse clima de despedida há algum tempo. Não temos novas tramas surgindo e a impressão que dá é a de que em breve nos despediremos da série.

Como adoro o estilo de Mark Schwan, especialmente nos episódios fillers, sempre repito que mesmo nesse ritmo eu veria muitas temporadas de One Tree Hill ainda, mas preciso confessar: se encerrarem a produção esse ano não ficarei insatisfeita porque tivemos oito anos muito bons, o que pudemos comprovar pelos flashbacks.

Acho que se fosse um episódio apenas sobre o parto de Haley e a frustração maternal de Brooke eu não teria ficado tão ligada, mas ver as cenas do passado me pegou de um jeito inesperado. Automaticamente tive aquela vontade de rever a primeira temporada e acompanhar em detalhes o inicio do amor de Haley e Nathan. Acho que nunca contei por aqui, mas quando a série foi lançada não me atraia em nada, porque eu achava que o enfoque no basquete era algo que me aborreceria. Só fui ver a série lá pelo meio da terceira temporada e por ter perdido uma aposta. Uma amiga que via OTH e gostava acabou me “obrigando” a assistir e o resultado é que ao me deparar com a trama de Nathan e Haley eu me rendi e logo OTH era minha série adolescente favorita e dentre as atuais, ainda é. Por isso, o recurso dos flashbacks foi perfeito para mim. Pude rever os melhores momentos dos meus personagens preferidos. Não tinha como não gostar. Os momentos de Brooke também foram bonitos, mas acho que por serem mais recentes, não têm o mesmo impacto.

Assim, acompanhamos a trajetória romântica de dois casais queridos, que acabou com a alegria de um e a decepção completa de outro. Foi melhor assim. A história da adoção estava fácil demais e desconfio, Brooke aparecerá milagrosamente grávida. Isso é a cara de Mark Schwan.

Para balancear esses pontos emocionantes, o episódio trouxe ainda boas doses de humor. Como não rir do desafio das bolachas? Aposto que você aí já tentou comer seis unidades em um minuto e falhou. É impossível mesmo, porque eu tentei depois de ver o episódio e não rolou. A sequência sobre Haley “durona” também foi hilária. Faltaram alguns tapas, algumas brigas e barracos, mas mesmo assim, valeu boas risadas.

Adoro esse clima de implicância entre Clay e Quinn, a narração sempre talentosa de Jamie e o modo como cada pequeno detalhe do texto e do passado da série sempre volta para nos lembrar onde tudo começou.

Sim, creio que estamos diante do fim e repito até mesmo para me convencer de que a hora da despedida está chegando, mas tudo bem. Se for para ser, que possamos dizer Adeus aos poucos, assistindo a episódios bacanas como esse.

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

Talita Lie disse...

Eu tambem acho se fosse so pelo nascimento do filho da Haley e frustração da Brooke, não teria sido tão bom.
Ao mesmo tempo que eu adora esse jetinho que OTH ira para fim, eu ainda não to pronta para o seu fim. Esse episodio mostro que ainda preciso de muitos anos de OTH.
PS:Preciso confessa que eu acabei vendo o primeiro episodio da primeira temporada logo depois que eu vi esse episodio, foi muito bom lembra porque eu ainda gosto de OTH.
Mark Schwan é o cara

Emille disse...

Amei o episódio! Os flashbacks foram incríveis, me deixaram com vontade de rever as primeiras temporadas! E quanto a minha queridinha estar acabando eu tento me acostumar com a idéia e não consigo, afinal é muito tempo! Espero que eles consigam uma nona temporada.

Dani Gomes disse...

Como não se emocionar!!!!
Se terminar tudo bem...pois vai ser em grande estilo mas não quero...sentirei muita falta.
O episódeo foi maravilhoso.. rever eles novinhos...e aquela fofura de criança....
Só me lembra o quanto eu gosto dessa série e quero que ela continue com a nona temporada

laura disse...

eu tambem não consigo me convencer do final da serie , ainda acredito numa 9 temporada até mesmo por que em todas as temporadas a serie meio que acabou e essa insegurança a essa altura do campeonato é boa quer dizer que ainda há chances de renovação , enfim vou torcer muito por que amo tree hill e ainda não estou preparada para o final.

Seriador Antenado disse...

LINDOOOOOOOOOO! *_*

Iracema disse...

Eu também amei esse episódio e deu muita saudade do começo da série.
Estou com muita vontade de rever.
Só falta tempo.

Iracema disse...

Eu também amei esse episódio e deu muita saudade do começo da série.
Estou com muita vontade de rever.
Só falta tempo.