terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Gossip Girl 4x13: Damien Darko


Seria Damien a tentativa de Gossip Girl de nos trazer a versão masculina de Georgina Sparks?

Todo fã de Gossip Girl adora Georgina e se não é todo mundo, podemos dizer que pelo menos a maioria adora suas aparições na série, sempre gerando grande rebuliço. Apesar de ela só ter aparecido em 13 episódios, é uma personagem marcante e tenho a impressão de que tentam fazer o mesmo com Damien. Funciona para vocês? Eu o acho dispensável. Não entendo muito bem porque insistem nesse lance das drogas. Uma vez, tudo bem, mas já vimos isso acontecer com Jenny. Não dá para reciclar histórias que nem são tão boas assim. Para piorar, temos Eric na jogada e eu sinto pena de Connor Paolo, que é um figurante muito mal aproveitado na trama e ainda teve de encarar aquelas luzes medonhas no cabelo, logo na primeira temporada, lembram?

A família Van Der Woodsen, portanto, continua em crise e Lily mostra cada vez mais suas noções distorcidas de “ajuda ao próximo”. O engraçado é que Rufus sai como caridoso e compreensivo e ele é tão ‘marido-trófeu’, que não consigo conter o riso quando Serena telefona para ele para perguntar sobre os trabalhos dele na horta comunitária.

Como era previsto, Serena e Ben estão mais envolvidos do que eles mesmos imaginam. Ben é o novo amor eterno da semana e o fato de ele ter tantos ensinamentos de cadeia para passar, faz dele o cunhado perfeito para Eric nesse momento.

As tramas mais fracas estão com Nate e Chuck. Muita ladainha a respeito do Capitão, mostrando que o filho pode até ser uma Samambaia, mas o pai está mais para planta carnívora. A nova ‘amiga colorida’ de Chuck também não é lá essas maravilhas, mas ainda há esperanças de que essa briga corporativa com os Thorpe renda alguma coisa.

Por último, Dan e Blair. Impressionante como essa dupla funciona bem. Os dois transmitem toda essa tensão sexual, ao mesmo tempo em que mostram que são bons em comédia. A briga pelo estágio na revista W pode ter sido bem desonesta, mas a cena dos dois brigando no chão, foi um verdadeiro pastelão. Espero que essa amizade estranha não fique só nisso e que os roteiristas tenham notado que essa é uma coisa a ser mais explorada, simplesmente porque sai do lugar comum e diverte o episódio.

Para terminar, queria perguntar se alguém aí tem saudades de Vanessa. Ela sumiu e foi tão bom para a série, que só notei quando Dan menciona que ganhou o cachecol da dita cuja.

Comentários
1 Comentários

Um comentário:

Brunoo disse...

Acho que o que realmente salvou esse episódio foi o plot de Dan e Blair. Concordo qd vc fala da tensão sexual e do tom de comédia que eles alcançam. E sim, eu tb só me lembrei da Vanessa (Uónessa se preferir)qd o Dan falou que ela tinha dado o cachecol pra ele.