segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Dexter 5x12 (Season Finale): The Big One


Não foi dessa vez, Dexter.

Chegamos ao final de mais uma temporada de Dexter. Alguns gostaram, outros não, mas não dá para negar que estamos diante de uma série consistente. Desde o inicio, há cinco anos, a trama central se mantém a mesma. Não estou falando de um Serial Killer que mata outros assassinos, mas dessa busca de Dexter pela humanidade. Até hoje isso continua presente e mesmo que muita gente odeia a humanização do personagem, repito mais uma vez, ela é exatamente o elemento que fez um público fiel.

Ainda não sei bem o que dizer dessa Season Finale. Honestamente, acho que gostei mais da temporada como um todo do que desse episódio especificamente. Havia uma grande tensão e expectativa em relação a como seria a série sem Rita e acho que ficou provado que a produção sobrevive bem sem ela e ficou até mais interessante.

O que é indiscutível é que Trinity Killer elevou tanto os padrões de Dexter que será muito difícil superá-lo. De qualquer forma, o caso de Lumen e Jordan Chase conseguiu manter a temporada num ritmo interessante, embora no final tenha sido apenas o óbvio.

Eu nunca duvidei de que Dexter mataria Jordan, mas eu não tinha certeza de que Lumen sobreviveria. Eu esperava, portanto, um elemento surpresa em algum dos dois finais, mas nada disso aconteceu. A morte de Jordan foi um pouco fácil demais. Já vimos momentos muito mais dramáticos e mais emocionantes do que aquele.

Talvez o problema seja que eu ainda espere algo tão forte e ousado como a morte de Rita e isso estrague as coisas para mim. Mas então, eu penso que até mesmo a atitude de Deb, deixando os Vigilantes escaparem, não foi uma grande surpresa para mim e me parece que o problema está mesmo na falta de ousadia.

Imaginem Deb flagrando o irmão, descobrindo quem ele realmente é e precisando lidar com tudo isso. Um turbilhão de possibilidades viria daí e certamente todos ficariam boquiabertos com os resultados.

O caso do Robocop Liddy também acabou de forma previsível. Dexter pode até odiar Quinn, mas a felicidade de Deb falou mais alto ali. Se não foi isso, foi a consciência de que um homem inocente iria para a cadeia por um crime que não cometeu. Além disso, foi uma ótima oportunidade para fazer Quinn parar de perseguí-lo e é só por isso que eu respeito essa decisão.

A partida de Lumen, aposto, também não deixou ninguém pasmo. Esperar que os dois casassem e tivessem lindos filhinhos vigilantes era um pouco demais e como Lumen não é uma psicopata e suas atitudes eram movidas apenas pelo instinto de vingança e auto-preservação, era mais do que justo que ela fosse embora após o fim dessa jornada.

Gostei muito das possibilidades deixadas pela personagem. Agora, Dexter sabe que nada é impossível. Alguém o viu como ele é e mesmo que ele continue apenas em companhia de seu dark passenger, ele percebe que talvez haja algo além. A dificuldade de se conectar com outras pessoas continua. Não é fácil fingir o tempo todo, afinal de contas e com Lumen ele podia ser apenas natural, sem medo e sem pudores.

Ainda não sei dizer se Dexter é ou não é capaz de amar. Acho que não. Eu o vejo mais como um cara que, embora precise seguir esse lado negro e saciar sua vontade de matar, tem algum resquício de consciência, de moral ou coisa assim.

Para terminar, quero falar que o drama marital de Batista e LaGuerta começou sem pé e terminou sem cabeça. Trama boba, dispensável e aleatória, que nem serve como alívio cômico, porque isso, só Masuka e sua namorada popozuda sensualizando na festa infantil conseguem fazer. Nos encontramos para falar de Dexter novamente em 2011. Até a próxima temporada!
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

Doug! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dav1d disse...

Fiquei muito decepcionado com o final dessa temporada, não arriscaram em nada.

Na temporada passada, eles alteraram todo o funcionamento da série, deixaram um ótimo cliffhanger e seguiram evoluindo com a trama durante toda a quinta temporada, não entendi esse final sem sal, previsível e que não deixa NADA para ser respondido na próxima temporada, será outro "reboot" dentro da trama de Dexter.

jorge disse...

eu tbm ja achava que o dexter ia matar o jordan e tal. só tinha algumas duvidas qnto a lumen... mas no geral eu gostei dessa season finale

Wellington Laurindo disse...

Sério, me decepcionei com esse finale.
É claro que como é Dexter eununca vou odiar, mais esperava muito mais eacho que eles podiam fazer mais.
A cena mais foda do episódio foi a Deb chegando aonde o Dexter e Lumen estavam depois de matar o Jordan Chase, nessa hora meu coração veio a boca, mas os roteiristas ainda querem enrolar com a série, pois se a Deb descobrisse a verdade nesse finale, com certeza a próxima temporada seria a ultima.

Ana Luisa disse...

Tive a mesma sensação a cada episódio que assistia: a esperança que algo muito importante iria acontecer (é impossível não comparar com a maravilhosa quarta temporada). Nessa minha busca incessável ficava imaginando mil coisas: será que a babá de Harrisson tinha alguma história a esconder? será que Quinn revelaria tudo a Debra? Mas nada demais acontecia... e então no último episódio ocorre esse erro fatal da Debra simplesmente abandonar a cena do crime. Mas uma frase dela no final da temporada me intrigou. Ela chega na festinha de Harrisson e tem o seguinte diálogo com Dexter: "Eu estou feliz. E você deve estar estar também. Agora que isso tudo acabou, quero dizer." E então Dexter a olha com uma cara muito estranha...
Na minha cabeça se passaram mil coisas... para mim Debra viu Dexter e Lumen de alguma forma no acampamento. Atraves de um espelho, ou qualquer outra coisa que não consigo imaginar o que. Por isso naquela cena com Quinn ela diz que tudo é "muito mais complicado do que parece"ou algo assim. Para mim essa é a única explicação para ela ter deixado eles escaparem. O que vocês acham?

Lucas M. C. disse...

Eu até entendo a estranheza que esse Season Finale causou (eu também estava esperando algo bombastico).

O ponto é que a 4ª temporada acabou com um ótimo cliffhanger e ficamos esperando que a 5ª também acabe com um bom gancho. Mas Dexter sempre terminou suas temporadas sem grandes cliffhangers, sempre com as histórias encerradas na Season Finale.

Anônimo disse...

CONCORDO PLENAMENTE COM A Ana Luisa... TBM ACHO QUE DEBRA (ELA É MUITO INTELIGENTE, E ) VIU SIM QUEM ERAM OS VINGADORES, NEM Q SEJA DE CURIOSIDADE... PELO QUE ELA FALOU AO QUINN E AO DEX, E ISSO PODE UMA GRANDE TRAMA ABERTA PRA PROXIMA TEMPORADA...
TAMBÉM ACREDITO NUM RETORNO DE LUMEN.... TALVEZ DEXTER COMEÇE A PROCURAR O QUE PODERIA LEVAR SUA ESCURIDÃO EMBORA PARA PODER VIVER SEU AMOR COM LUMEN...TALVEZ SEJA UM GRANDE DEVANEIO MAS ACHO QUE PODE SER UM CAMINHO PARA O FINAL DA SÉRIE... E EU RELMENTE GOSTARIA QUE ELE E LUMEN FICASSEM JUNTOS.... JÁ PENSOU? NA PROXIMA TEMPORADA..DEXTER BUSCANDO SUA "cura" E DEBRA DESCOBRINDO AOS POUCOS SUA VERDADEIRA FACE.... WOW

BJS CAMIS...

@JUNNO_

Lu VC disse...

É um saco ficar com grandes expectativas...
No último mês e meio fiz maratona de todas as temporadas de Dexter. Dá pra imaginar o meu estado de tensão para este finale,né? Por isso achei o final fraco para uma série com a grandeza de Dexter. No fundo achei o Jordan Chase ruim. O ator e o personagem. Até agora não fez sentido ele ter deixado a 1a vítima viva por 20 anos, guardar o sangue dela num pingente pra depois matá-la…do nda. Sem contar q ele morreu mto fácil, o Dex nem teve trabalho...enfim. A Deb foi ótima na temporada toda, mas eu ainda acho q ela não sabe de nda.
A parte boa ficou com as vááárias possibilidades q a série tem a partir de agora. E de novo, é pouco para uma série como Dexter.

Ps: O casal Batista e LaGuerta foi com ctz a coisa mais boooooring da temporada.

É redundante mas...ótimo texto como sempre.

bjoss