sexta-feira, 19 de novembro de 2010

House 7x07: A Pox on Our House


Duzentos anos antes, um navio negreiro é afundado para evitar que uma doença muito perigosa se espalhe em terra e então, num belo dia de sol, a menina encontra um pote no meio das ruínas afundadas no fundo do mar. Pois o destino quis que o pote se quebrasse, ela ficasse doente e fosse parar num episódio de House.

Gostaram desse lindo conto da fadas? Pois eu adorei. No começo, fiquei sem entender nada do que estava acontecendo e já imaginei Hugh Laurie vestido de médico pirata da perna de pau, vindo salvar as vítimas da varíola, mas a coisa foi além.

Imaginem um vírus encubado por dois séculos inteiros, sobrevivendo embaixo d’água e esperando pelo derradeiro momento em que um ser humano curioso passe por ali e resolva que é hora de se contaminar. História simplesmente sensacional e diferente, que deixou o episódio interessante como há muito não se via.

Eu gosto de doenças estranhas e fiquei esperando para ver o que seria o vírus misterioso. Infelizmente, sou incapaz de escrever aqui o nome da “varíola do gato”, mas enfim, vocês viram o episódio e sabem do que estou falando.

No meio desse diagnóstico doido, que trouxe até briga com o pessoal do CDC, acho que Masters provou seu valor. Consegui gostar muito mais dela dessa vez e espero que ela não se torne um enfeito cênico como os demais.

Tivemos lugar, ainda, para as caras e bocas de Cuddy, toda magoada por causa da mentira de House. O mais engraçado é ver a Libby defendendo House e tendo razão em seus argumentos. Cuddy acha o quê? Que vai mudar o House Way Of Life?

Isso sem falar na dica de que Wilson quer ser papai. A menininha com câncer era uma fofura só e fiquei morrendo de pena ao imaginar que existem por aí, milhares de crianças como ela, sofrendo com essa doença.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

João Paulo disse...

Nem acredito que depois de tanto tento assisti House sem nenhuma pausa pra chegar quanto tempo ainda restava.

Master e House fizeram o episódio funcionar, deixando o resto da equipe ainda mais descartável.

E a tradutora? Ótima sacada :)

Minhas sugestão pra série? Demitam todos, menos o Wilson, e transfiram o House pra uma faculdade/hospital-escola. Colocar o protagonista em conflito com personalidades opostas sempre foi o brilho da série.

carolina disse...

Decepcionante, o episódio poderia ter sido ótimo, risco de morte do house! Nenhum dos três fixos do time repensou toda a importância de house em suas vidas, nem o Wilson foi vvê-lo a beira da morte? a Cuddy nem chorou, nem foi atrás de soluções para a sobrevivência, todo mundo de braos cruzados e só a Masters serviu pra alguma coisa, concordo que o personagem merecia o prêmio de solucionar o caso para gostarmos dela ( inclusive eu já gostava ), mas os três patetas ficaram parados...sério?? Participações de atores ótimas e só isso? ouso a dizer que se houvesse sido bem explorado esse episódio poderia ser um season finale... e a última observação, nem citaram que o menino poderia culpar a nova irmã pela morte do pai? já que foi ela que quis o vidro e o quebrou, praticamente causando a morte do padrasto? Amo House, não quero que o escritores se acomodem, só isso.