quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Glee 2x07: The Substitute


Mais um especial em Glee, dessa vez, dando voz à Gwyneth Paltrow.

Glee virou um grande especial, ou quase isso. Nem sei como definir. Só sei que semana sim, semana também, temos algum elemento diferente na série, um personagem novo, um convidado, um homenageado... Continuo questionando quando teremos o “normal” novamente, porque tudo isso já se banalizou.

Talvez, em outras circunstâncias, eu realmente me empolgasse em saber que Gwyneth estaria no episódio, mas não foi bem assim. O episódio foi ok, bacaninha, mas podia ser melhor. Não tem como não notar que o nível alcançado na semana anterior não se repetiu, o que é uma pena. Glee consegue fazer coisas simplesmente maravilhosas, mas às vezes é só medíocre.

Para mim, algo estava errado no ritmo do episódio. Acho que essa é uma impressão muito pessoal. Eu ficava tentando conectar os fatos e encontrar a cadência na história, mas nada clicava em mim.

Claro que gostei de Sue dando um golpe de estado utilizando o vírus da gripe. Tem como não amar? Ela toma o poder e começa seu reinado, expulsa Will Schuester (muito motivada pela questão do cabelo dele, que fique claro) e se torna amiga de Holly Holiday (que ainda estamos apurando se é nome de atriz pornô ou travesti).

Com Will fora de cena, brincando de bebê doente com Terri, Holly parece uma libertação para o New Directions. Todas as inserções de Will obcecado por Journey foram excelentes e mais uma vez, serviram para brincar com as críticas que a série recebe por aí.

Aliás, preciso elogiar Matthew Morrison. Gosto do ator e seu personagem andava muito de escanteio. Os números musicais dele foram o grande barato desse episódio, que deu destaque para um dos melhores, se não o melhor, musical já feito: Singing In The Rain. Nem sei dizer quantas vezes eu já assisti ao filme, mas se estiver passando na TV eu paro para conferir, pelo menos um trechinho. O final do episódio e aquele mashup foram minha parte favorita, unindo muito bem um clássico com o estilo moderno. Quando o número acabou, senti que ele fez valer meus 40 minutos.

Dentro das tramas, destaco a de Kurt. A relação dele com Blaine é algo que realmente quero ver mais, assim como a complicada situação com Dave. A jornada de Mercedes por mais fritura na lanchonete foi qualquer coisa. Simplesmente dispensável e sem qualquer função maior, embora queiram que a gente acredite que aquilo é para mostrar que ela compensa falta de afeto com comida.

Falar de Britanny e Clarinha Evil já virou clichê por aqui. As duas têm meu amor incondicional e podem falar pouco e não saber o alfabeto inteiro, mas são sensacionais.

Preciso, ainda, falar dos mini-gleeks. A pequena Santana, a projeto de gênio Britanny e até a versão mirim de Artie numa cadeira de rodas foram muito legais de se ver. Lógico que não foi nada tão perfeito quanto a versão infantil de Kurt, que vimos no começo dessa temporada, mas valeu o esforço da produção e rendeu uma cena que todos os fãs devem ter curtido bastante.

Músicas no episódio

Forget You - Cee-Lo Green (Gwyneth Paltrow e New Directions, exceto Lea Michelle)

Make ‘Em Laugh (Singing in the Rain) - Donald O'Connor (Matthew Morrison)

Nowadays/Hot Honey Rag - Chicago (Gwyneth Paltrow e Lea Michele)

Umbrella/Singing in the Rain - Rihanna/ Gene Kelly (Matthew Morrison e Gwyneth Paltrow)
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

Diogo disse...

A verdade é que não gosto do Matthew Morrison, muito menos da voz dele, achei as musicas deles bem mais ou menos.

Concordo com o que disse do episódio, foi mais um "especial", com "participação especial" bem whatever pra mim, mas eu gosto de glee, mesmo sem roteiro e sem história.

Devo dizer que a performance do "singing in the rain" foi muito boa, a melhor de Glee. mas a música não deu certo pra mim... talvez seja o Matthew Morrison, ou talvez simplesemente não casou Umberella com Singing in the rain... não sei, mas a apresentação em si foi muito boa.

Lais Rios disse...

Concordo que o nivel do epi foi bem mais baixo do que o anterior. Achei ridiculo o Will com a Terri de novo... a ultima musica foi perfeita! Espero que o proximo seja melhor, com a mae da Sue :)

jorge disse...

eu gostei do episódio

adriana2402 disse...

O episódio foi ok. E só.
Gente eu achei o mash up de Umbrella e Singingin the rain horrível!
Episódio aleatório, q só me mostrou que Mr. Shue é um péssimo professor.
E cadê a Emma que não vê seus alunos sofrendo bullyng nessa escola?

Cirilo disse...

Episódio meia boca... As vezes eu acho que os episódios são alternados, entre bons e ruins. O da semana passada foi o melhor da série para mim, não sei se porque eu me identifico com a dor do Kurt ou o episódio foi bom para o publico em geral,mas nessa semana o que mais me incomodou foi o quanto o Kurt ficou egoísta e deixou a Mercedes de lado, eu já tava vendo a hora que ela ia explodir com ele, mas no fim ele ainda deu uma "lição" nela... AH VÁ! Isso sim foi uma surpresa.

E o que foi aquele Mash-Up de Umbrella? Não gostei, mas o número foi lindo

Amo a Becky!!! Como amo! E odeio o Will tanto quanto a Sue odeia.

Mari Bisonti disse...

Eu gostei bastante desse episódio, há tempos Glee não divertia tanto.. Também achei dispensável a história da Amber..

Agora..Clarinha Evil e Britanny..hahaha

Até quando a Brintanny só é citada ela é genial..e ainda mais citada pela Sue falando de brócolis..

Acho que vou criar um tumblr com Britanny e Clarinha Evil quotes e moments, se já não existir.

Breno disse...

Gostei deles cantando Forget You, achei a parte mais legal, preferia a GP como professora, não gosto muito do will..
PS: O que seria dos episódios de Glee sem Becky e Britanny???

Luisa Ansaloni disse...

Eu concordo que o episódio da semana passada foi o melhor até agora. Porém, eu gostei desse episódio. Eu achei que entre os especiais que teve até agora foi o melhor. A professora substituta de Gwyneth Paltrow foi uma forma de trazer o personagem do Will átona, que realmente estava um pouco apagado. As cenas dele delirando e sonhando com “Singing in the Rain” foi muito bom.
Confesso que não muito dos especiais, prefiro Glee por si só como no episódio anterior. No final, eu o episodio me agradou senti que faltou algo, que poderia ter sido mais bem amarrado.
Mas o considero um episodio ruim.

Lais Rios disse...

Concordo que o nivel do epi foi bem mais baixo do que o anterior. Achei ridiculo o Will com a Terri de novo... a ultima musica foi perfeita! Espero que o proximo seja melhor, com a mae da Sue :)