quinta-feira, 23 de setembro de 2010

The Big C 1x05: Blue Eyed Iris


Mais uma vez, The Big C mostra que não é uma série sobre câncer. A palavra chave da temporada é autodescoberta.

Tudo começa em mais uma cena vergonhosa. Cathy mostra que não há limites quando o assunto é traumatizar o filho e embarca, mais uma vez, em seu desespero pelo tempo que está acabando. Ela quer tanto participar da vida de Adam e deixar algo de valioso na educação do garoto, que acaba estragando tudo. Honestamente, ela exagera. Chega ao ponto de eu me sentir mal pela conversa dos dois, de verdade.

O que ninguém podia imaginar é que toda a conversa embaraçosa sobre sexo e pornografia fosse para outro caminho. Eu, pelo menos, não esperava. Essa situação faz despertar a mulher dentro de Cathy e sim, eu sei o quanto essa frase está cafona, mas é a mais pura verdade. Foram muitos anos sendo invisível, pior, se esforçando para isso. Agora, que não há mais nada a perder, a não ser aquilo que não pôde viver. Cathy se liberta e se permite. Ela está mais do que certa.

Chega de se apegar a um casamento que não funciona. Cathy está disposta a saber mais sobre si mesma e ter novas experiências. Ela também quer ser ouvida e notada, passando a ter atitudes que jamais teria não fosse pela doença.

Pela primeira vez, acho que entendi a função de Paul. Ele é aquele que, mesmo sem a intenção, desperta Cathy para muitas verdades. Podem notar. Os comentários dele sempre se refletem naquilo que Cathy está fazendo.

Sobre o caso de Sean, só me resta comentar que mesmo de terno e com cabelos penteados esse homem parece encardido. E por mais que muita gente ache que Cathy está aí para mostrar que devemos valorizar nossas mães, eu não posso culpar Adam por suas reações. O moleque pode até ser uma mala sem alça, mas à vezes compreensão demais atrapalha.

Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Tiago Brito disse...

Verdade camis, esta tentando descobrir qual seria a palavra definidora de TheBig... evc conseguiu resumir muito bem!!

serie muito boa!!!

Mari Bisonti disse...

Eu estou adorando The Big C, e realmente não é uma série sobre câncer,o que faz tudo ser mais interessante.
A série e Cathy, melhoram a cada episódio..Só senti falta do Dr. Todd, que sempre rende cenas ótimas.

E o troféu vergolha alheia vai para Cathy, que está superando Erica (Being Erica), em me deixar constrangida.

caroldfonseca disse...

Esse episódio foi muito bom.. Alias, todos até agora foram.

caroldfonseca disse...

Esse episódio foi muito bom.. Alias, todos até agora foram.

Mari Bisonti disse...

Eu estou adorando The Big C, e realmente não é uma série sobre câncer,o que faz tudo ser mais interessante.
A série e Cathy, melhoram a cada episódio..Só senti falta do Dr. Todd, que sempre rende cenas ótimas.

E o troféu vergolha alheia vai para Cathy, que está superando Erica (Being Erica), em me deixar constrangida.