quinta-feira, 25 de março de 2010

How To Make It In America 1x05: Big in JAPAN


Antes de começar a falar de mais um bom episódio de How To Make It In America, quero deixar meu elogio à abertura. A música é sensacional (“I need a dollar, a dollar its what a need”) , dando sempre o clima perfeito para a série. Aliás, isso é coisa rara hoje em dia, já que ninguém mais produz aberturas para os seriados, infelizmente.

Mas, falando de ‘Big in Japan’, só posso dizer que as cenas de Rene foram sensacionais, como sempre. Ele tinha sumido um pouco, mas volta com força total, sempre manso e perigoso demais. Algo me diz que essa calma de Rene vai acabar, já que um de seus desafetos roubou dele 100 mil dólares e não vai ficar por isso mesmo.

Outra coisa boa foi ver no que deu o pós festa de Rachel. O namorado fica todo enciumado por causa de um pacote de salgadinho, dado de presente por Ben e, em vez de aceitar a proposta de sexo ao ar livre, ele quer experimentar outra coisa com Rachel: Ecstasy. O problema é que o cara fica tão livre, leve e louco que sai dizendo ‘eu te amo’ pra todo mundo e demonstrando esse sentimento tão lindo em beijos ardentes em mulheres e homens, sob o olhar pasmo, drogado, porém muito apurado de Rachel.

Para Ben e Cam, mais um fracasso. O primeiro modelo do Crisp Jeans é um tanto quanto apertado onde não deve, fazendo um estilo meio emo. Justamente agora que um amigo de Bem arruma uma reunião com um comprador japonês tudo dá errado e os dois acabam brigando. Cam vai enfrentar a reunião sozinho, mas Ben se arrepende do mimimi e aparece para conversar com o comprador. Uma surpresa imensa acontece quando o jeans é rejeitado, mas a camiseta de Ben, feita por ele mesmo na época de colégio, faz sucesso. Os dois recebem uma grande encomenda de camisetas e a sorte começa, finalmente, a mudar.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: