terça-feira, 30 de março de 2010

Breaking Bad 3x02: Caballo Sin Nombre


Depois de uma Season Premiere que aguçou a curiosidade do público, Breaking Bad cai num ritmo mais lento. A história em si teve poucos progressos e continuamos a ver como Walter está lidando com sua nova situação familiar, o que acaba fazendo a série bem menos interessante do que o normal.

Não é que eu não goste desse lado mais família de Breaking Bad. O problema é que nada além disso aconteceu. Skyler continua firme em sua decisão e leva a fama de louca por não dizer a ninguém os reais motivos de sua separação.

Walter Jr está revoltado e até tenta viver com o pai, mas Walter contorna a situação, pelo menos, nas aparências. Longe dos olhos do filho e da ex-esposa ele está surtado. Briga com policiais, joga pizzas em telhados e dorme no chão, em meio a montes de pipoca que grudam em sua cara. Deplorável.

O advogado Saul Goodman, que faz o papel de intermediário, acaba colocando um de seus homens na cola de Skyler e por isso mesmo, o destino se vira a favor de Walter, que invade a própria casa e escapa de ser assassinado a machadadas pelos Primos. Basta uma simples mensagem de Gus e tudo muda, o que leva a crer que ainda veremos muito dessa parceria.

Aliás, Saul atua em outro lance genial. Pinkman dá um golpe nos próprios pais e usa o advogado pra comprar a casa de sua família a preço de banana. A cara dos pais dele, ao ver o novo proprietário, que usou informações privilegiadas sobre um laboratório de metanfetamina que desvalorizaria o imóvel, foi impagável e inesquecível.

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Diogo disse...

Camis, vc é a única que comenta essa merda!?? Olha, procurei até no google um review... e olha que usar o google não é pra qualquer um não heim!

Gostei muito, Breaking Bad é foda, e pelo geito não vai cair de qualidade nessa temporada, coisa que acontece muito com séries ja em estágios mais avançados...

Só eu que achei que a fotografia desse episódio foi péssima comparada com a do primeiro que tinha sido incrível?

Eu simplesmente não consigo ir com a cara desse Walter Jr. Ele é muito chato e infantil... E aquele apelido tosco dele.. hugh... alem de não me convencer nem um pouco... será que é preconceito meu com as "dificuldades" motoras dele... o_O NAOoooo, não pode ser!!

Adorei a pizza, nossa achei o máximo aquilo! Muito bom mesmo.

Vo começar a visitar mais seu blog, conheci faz pouco tempo ^^, afinal vc faz review de Braking Bad e não acredita em barcos voadores.

Camis Barbieri disse...

Olha Diogo, não sei se sou a única. Acredito que alguém deva fazer reviews no Série Maníacos também, mas Breaking Bad não é uma série tão popular, então, nunca se sabe.
O episódio foi mais fraquinho que a Premiere em tudo, Fotografia inclusa. O Walter Jr, coitado, é aquele menino que precisa de afirmar, até mesmo por conta da deficiência, então apelidinhos idiotas, como Flynt, surgem no meio.
Espero que continua visitando sempre! Obrigada pelo comentário!

diogp disse...

Sei que estou assistindo e comenatndo bem atrasado mas é que eu concordo plenamente com vc, esse episodio foi um pouco desinteressante mesmo, mas só comprova o que eu ja achava, Saul foi o melhor adicional que a serie poderia ter, adoro sua falta de escrupulos e as soluções que ele propõe.

Camis Barbieri disse...

Olha Diogo, não sei se sou a única. Acredito que alguém deva fazer reviews no Série Maníacos também, mas Breaking Bad não é uma série tão popular, então, nunca se sabe.
O episódio foi mais fraquinho que a Premiere em tudo, Fotografia inclusa. O Walter Jr, coitado, é aquele menino que precisa de afirmar, até mesmo por conta da deficiência, então apelidinhos idiotas, como Flynt, surgem no meio.
Espero que continua visitando sempre! Obrigada pelo comentário!