sábado, 6 de fevereiro de 2010

The Vampire Diaries 1x13: Children of the Damned

Vampiranha voltou e foi em grande estilo. Estava com saudade da vampira mais safada, sensual (e porque não dizer, sensual) de todos os tempos. E se tem uma coisa que os flashbacks da semana provam é de que Kath ensinou tudo o que Damon sabe e deixou nele essa terrível mania de brincar com a comida.

De volta a 1864 fomos brindados com mais uma parte do passado de Mystic Falls onde, desde aquele tempo, as famílias Gilbert e Salvatore já tinham seus destinos cruzados. O pai de Damon e Stefan era um dos principais baluartes da caças aos vampiros, assim como o tataravô Gilbert foi o criador do relógio apontador de sanguessugas, que acabou revelando que ele estava apaixonado por Pearl, mais uma das vampiras que deve estar muito bem guardada na tumba lacrada por Emily.

O episódio todo serviu para nos mostrar qual a conexão entre os vampiros do passado e os que ainda hoje estão na cidade. Anna, por exemplo, era conhecida antigamente como Annabelle, a filha tímida de Pearl que deve ter sido transformada depois da prisão da mãe. Aliás, se tem uma coisa que podemos esperar para ver, é a transformação de Damon e Stefan. Já os vimos conhecendo a Vampiranha, sendo seduzidos, dividindo a mesma mulher e agora sabemos a origem da falta de confiança que existe entre eles.

Damon simplesmente não consegue acreditar no irmão, após Stefan ser o responsável por Kath ser capturada. Realmente, um absurdo. Onde já se viu entregar uma vampira completamente indefesa e incapaz de maldade para ser queimada na fogueira ou empalada?

Daí também, concluímos que Anna está na cidade com o intuito de libertar a mãe e agora que Damon sabe disso, não parece disposto a arrumar alianças, embora isso deva realmente acontecer entre eles.

A briga pelo diário de Johnattan Gilbert continua e Professor Larica mostra para Stefan que está ali por vingança. Além de ser praticamente obrigado a entregar a cópia do diário, já que o original está nas mãos de Anna, ele ainda revela mais um interessante dado sobre a mãe de Elena, que era uma espécie de mãe Dinah possuída ou capaz de ver espíritos e congêneres.

Seja lá o que for um Grimário, ele foi encontrado na tumba de Giuseppe Salvatore bem a tempo de Damon pegar Elena como refém e trocar a vida dela pelo livro que pode finalmente abrir a tumba e liberar uma horda faminta de vampiros na cidade.

Para o próximo episódio, sabemos que Elena foi seqüestrada por Anna e que Bonnie, mais conhecida como Menina Bruxa da Boca Torta, também sumiu, depois de beijar Ben e descobrir que ele é do mal. Trocadilhos escrotos por conta da casa.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

B. disse...

gostei dos trocadilhos, vcs perceberam qe o nome da mae de helena é anabelle, assim como a filha de Pearl, e a mulher do professor de historia??

Pats disse...

O nome da mãe da Elena é Isabelle... e como será que Damon e Estefan viraram vampiros se já estavam prendendo todos os bloodsukers da cidade???

Pedro disse...

assista o ep 20 que vc descobre facinho facinho....

Pedro disse...

assista o ep 20 que vc descobre facinho facinho....