sábado, 12 de setembro de 2009

Melrose Place 1x01: Pilot

Melrose Place vive! A CW, em mais uma idéia gloriosa, resolveu ressucitar a famosa série que foi ao ar entre 1992 e 1999. Minha opinião é que o canal está muito 'embalão' nessa Fall Season, pegando carona em tudo que é modinha. Inclusive nas séries velhas com remake, já que o novo 90210 já está em sua 2ª temporada. Não sei se Melrose Place vai na mesma toada, até por que, nunca vi o remake de 90210 e não sei dizer nada sobre a qualidade da série. Mas, eu vi Melrose Place e afirmo, não foi lá essas coisas. Minha memória da produção antiga me trai. Só lembro mesmo do Billy, da Allison e da Amanda, mas quem aparece nessa versão é o Dr. Michael Mancini ( Thomas Calabro), que na verdade foi o único personagem que permaneceu o tempo todo na Melrose do século passado.
Então, vamos ao piloto que é o que interessa. Melrose Place é um desses condomínios de gente cool e bonita, mas que não necessariamente estão nadando na bufunfa. Logo de começo, Sydney, a síndica, aparece morta na piscina, esfaqueada. Só daí á gente sabe que esse é um ótimo lugar pra se viver, pelo menos, sem monotonia. O primeiro suspeito do assassinato de Sydney, a Paola Bracho from USA, é David Breck (Shaun Sipos), morador do prédio, bem mais novo que ela. David recebe uma ligação de Sydney que é meio viciada em tentar suicídio e corre pra acudir. Mas, o que ela queria dele era outra coisa. O que aconteceu entre a chegada de David e a hora da morte permanece um mistério. Na polícia, Ella (Katie Cassidy), uma publicista que pega todo o mundo, mente para livrar David, dizendo que os dois passaram a noite juntos. Essa jogada, inclusive, pode servir para esconder que ela mesma seja a assassina, já que Sydney, embora a tenha ajudado na carreira, se tornara sua inimiga. Quem também tem lá seus motivos para matar é o Dr. Michael Mancini, que é pai de David e teve um caso com Sydney. Aliás, Sydney pegava o pai, o filho e o espírito santo, se ele desse mole. Como ela representava uma ameaça para o casamento de Michael, ele também pode ser o assassino.
Temos também o casal Jonah Miller (Michael Rady) e Riley Richmond (Jessica Lucas). Ele, um cineasta atrás de crescer na carreira e ela, aparentemente professora de arte ou coisa assim. Jonah faz o estilinho romântico e no dia em que completam 5 anos juntos a pede em casamento. Riley fica em dúvida e o que a faz decidir é a atitude de Jonah frente a uma grande oportunidade. Julgado infantil pela namorada, ele prova que é gente grande quando recusa suborno depois de flagar um grande cineasta pegando a melhor amiga da filha, na festa de aniversário dela, que ele filmava. Como Jonah não se vendeu, Riley resolveu. Rimou e aproveito para abrir um importante adendo de interesse público. Jonah esconde sua verdadeira origem. Na verdade o ex Max de Greek é um híbrido de Chuck e Patrick Verona. Fato que pode ser comprovado na belíssima montagem feita pelo meu amigo Leo, que ainda acrescenta que, nessa equação, a ordem dos fatores não altera o produto. Somando qualquer dois, dará o terceiro, FATO!
Mas, voltando à Melrose Place, tem ainda a médica Lauren Yung (Stephanie Jacobsen), que descobre que o pai perdeu o emprego e não tem pago a escola de medicina. Ela também não tem um puto e por isso, aproveita a chance de virar, bom, puta, quando um desses empresários ricos e bonitos propõem pagar 5 mil em troca de sexo. Como Lauren mesma disse, ali ela ia até de graça. E já que a situação tá difícil, nada como ganhar uns trocados numa tarefa que nem era tão ruim. Alias, conselho esperto dado por Violet Foster (Ashlee Simpson-Wentz), nova moradora do prédio que, ao que tudo indica, era filha de Sydney ou coisa que o valha e, portanto, assassina potencial.
E tem ainda Auggie (Colin Egglesfield), ex-bêbado, atual chef de cozinha e amigão da Sydney. Ele até parece ser o que mais sentiu amorte dela e pode ser que seja por que ele a tenha matado. Acabando o episódio, Auggie queima um tanto de roupas ensaguentadas, entre elas, seu uniforme de trabalho. E tanto sangue, tanto crime e tanto suspeito me faz pensar se eu estive vendo Melrose Place ou jogando Polícia e Ladrão.
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Skywalker disse...

Uma observação já que você talvez não se lembre: a Sydney também era personagem da série original.

Camis disse...

Não lembro mesmo...como eu disse, a memória me trai, mesmo!