terça-feira, 8 de maio de 2012

Once Upon a Time 1x21: An Apple Red as Blood


 O fruto proibido e envenenado.

Uma maçã. Pois é. Uma maçã. O elemento clássico da história de Branca de Neve sempre esteve presente em Once Upon a Time, mas todos nós esperamos para saber em que ponto da série ela se tornaria decisiva. Dava para imaginar que veríamos Snow entrando em seu sono profundo, mas ninguém poderia prever que a mesma maça envenenada que Regina usa em seu favor, poderia ser, na verdade, o grande trunfo para fazer Emma finalmente sair de seu estado de ceticismo e acreditar que a magia existe.
Por isso e por muitas outras coisas, essa véspera de Season Finale foi cheia de emoções e surpresas, o que colabora para aumentar as expectativas para a semana que vem. Estou doida para saber como a primeira temporada terminará, até porque, não vejo a hora de começar a cogitar o que os roteiristas vão nos apresentar para a próxima.
Nessa reta final, sinto que Emma virou realmente o grande destaque da série, mas não apenas ela. A relação com Henry é uma das coisas mais fortes e bacanas em que estão focando nesse momento. Passo o episódio todo querendo que ela retome seus direitos de mãe, mas do jeito que ela quer fazer. Fugir não é uma alternativa e Emma, desesperada, cai no erro de fazer com Regina o acordo perfeito. Para sua inimiga, é claro.
Eis que descobrimos que Emma não pode ser morta. Ou quase isso. Matá-la acabaria com a maldição, mas Regina não cogita essa possibilidade, embora deseje, mais do que tudo, afastá-la de Henry. Por isso, a maçã é perfeita. Coloca a pessoa num sono profundo, que eu chamo de estado de semi-defunto, mas não mata, realmente. Seria o plano perfeito, mas Henry parece ser a criatura mais inteligente vivendo em Storybrooke e, sendo descendente de Snow White do Gueto, não pensa duas vezes em provar que é super corajoso, comendo a tortinha de maçã megaevil,  virando um semi-defunto mirim.
Agora Emma vai ter que acreditar. Se isso não acontecer, August vai virar um boneco de madeira gigante e Jefferson, nosso querido Chapeleiro Maluco, nunca poderá ter seu reencontro com a filha. Aliás, vale dizer que quando vi o nome de Sebastian Stan nos créditos até me animei mais. Eu tinha certeza que o Chapeleiro voltaria para novas armações e para ser enganado por Regina mais uma vez e, de fato, o uso do chapéu e da última gota de magia para trazer a maçã de volta foi genial.
Em “Far, Far Away”, a história tradicional da Branca de Neve ganha alguns twists. Sensacional o exército da salvação, com sete anões, Vovó e Red, prontinhas para quebrar tudo. Foi bem empolgante ver uma princesa metendo espadas nos soldados e assassinando os inimigos. SEM SANGUE, é claro. Morri de rir com Grumpy enfiando uma picareta no inimigo, que cai morto, e não sangra nem uma gota com o golpe.
Lógico que tudo isso pode ser explicado com o fato de que Regina controlava os guardas de maneira mágica, tanto que eles se levantam, num estilo meio zumbi, depois de serem destroçados, para encurralar Snow e os anões. Nessa hora, bati palmas para as fadinhas, que jogaram pó mágico para imobilizar os soldados zumbis de Regina.
Mesmo com todo esse esforço militar, Snow não escapou de seu destino e acabou comendo a maçã voluntariamente, acreditando que Charming seria libertado por Regina. Eu, particularmente, não comeria a maçã sem ter certeza de que Charming estaria são e salvo. Já perdemos um dos gêmeos e não estamos em condições de perder esse também.
O mais triste, no entanto, é perceber que Regina continua nutrindo um ódio sem tamanho por Snow e qualquer pessoa ligada a ela. E digo triste porque naquele episódio que mostrou a morte de Daniel e a mão megera de Regininha, começamos a entendê-la um pouquinho.  Ao lutar pela infelicidade alheia, no entanto, Regina não consegue o que acha que precisa para seguir em frente e só fica mais e mais infeliz.

P.S*Adorei a cena da guilhotina virando água!
P.S* Maria Margarete deu uma baita bronca de mãe em Emma. Cena ótima.
P.S* Magic is Coming!
Comentários
20 Comentários

20 comentários:

Alexandre Dias disse...

nesse momento enquanto eu digito, Camis provavelmente está lá olhando para a linda Jennifer Morrison HUSHAUSHU 

so comento uma coisa, não tenho IDEIA do que esses roteiristas vão fazer em uma segunda temporada se todos voltaram para Far, Far Away... '-' mas também enrolar por mais uma temporada eles la e Emma sem se tocar que é tudo verdade... 

e os safados dos produtores colocaram na promo o BENDITO SONHO de regina, fazendo de nós tolinhos HUSHAUSHUAHUS pensando que aquilo iria mesmo acontecer :P mas quem sabe aquilo não foi uma previsão de Regina? QQ enfim... XD esperando o season finale, que promete mortes e reviravoltas *O*

Leonardo da Fonseca disse...

Achei previsível que Henry comesse a maça, já esperava. Não entendi a volta do Chapeleiro. Ele não tinha sumido depois de cair da janela? Parecia que tinha entrado dentro do chapéu porque a Emma de algum modo o tinha feito funcionar.

Breno Alexandre disse...

Magic is coming!

Episódio excelente de OUAT, como sempre. Fiquei curioso pra saber que objeto misterioso ela resgataria de far far away e a que mitologia ele seria associado. Mas depois que vi a maçã tudo fez sentido. Cena muito linda/triste a que ela confronta a snow com a maçã e ainda a maçã rolando e desaparecendo para storybrooke, detalhe muito foda. Fiquei muito tenso com a discussão entre Emma e Henry com aquela torta em cima da mesa. Só pensava que a tragédia anunciada iria acontecer com a Emma, nao com o Henry. Me surpreendeu aí, quero ver como vão acordar e como a Emma vai reagir a isso.
Só uma coisa, n sei se eu tava muito distraído vendo aquele episódio, mas aquele anel que ela usou como a ultima fonte de mágica teve explicação? Era a aliança dela ou o que?

Bianca C disse...

O episódio foi massa! Nem vi o tempo passar! Próximo promete mto.
Legal que apareceu quase todo os personagens.Mas me diz, dsd quando a Regina sabe que a Emma tem esse poder sobre a maldição? '-'Teria sido interessante se a Regina tivesse jogado a carta que a Bela estava viva para o Rumpels, mas no penúltimo ep iria ficar meio vago msm. Imagino que a segunda temporada seja sobre eles tentando voltar pra um far far away, já que eles vão só se lembrar quem são e ainda estarão na "terra sem magia".

Leandro Fonseca Da Costa disse...

*Magic is Coming!*
Achei incrível o episódio do início ao fim, ver Snow do Gueto chutando bundas no castelo foi surpreendente, fiquei na tensão o tempo todo para ver o encontro de Snow e Charming, e a cena final do dois com Snow fazendo o sacrificio e Charming gritando por ela WOW!
Mal posso esperar pelas teorias da próxima temporada e particulamente tenho um palpite de que teremos uma temporada toda em Far Far Away com Emma e Henry tentando voltar pra casa estilo A Caverna do Dragão kkkkkkkkkk
Ainda tá faltando algumas coisas a serem explicadas na série, como quando Regina virou bruxa, o que aconteceu com a Mãe MegaUltra Evil da Regina e o motivo do forte laço de Regina com Henry. Enfim espero pela respostas desses e outros místerios na Season Finale ou na Season 2.

Cacá SS disse...

Magic is Coming! 
Adorei demais esse episódio! 
A cena da Maria Margarete com a Emma foi muito bronca de mãe mesmo! Ali eu vi que a relação delas é de mãe e filha de verdade. 
Tivemos a volta do Chapeleiro Maluco, um Pinóquio desolado e um Henry mais corajoso que nunca! Não vejo a hora do season finale! 

juliana disse...

fiquei com uma dúvida: qual foi a ideia inicial da regina, antes do chapeleiro falar que só poderia trazer uma coisa? como ela teve o insight dela olhando pra árvore, achei que já era a maçã naquele momento (não que eu seja esperta, eu tinha lido spoiler mas né). acho que ela ia só no improviso mesmo, quem sabe. 

esse comentário foi totalmente inútil, mas é que eu fiquei curiosa mesmo. hahah. não foi pra ser fiscal de roteiro, não. amo OUaT, seus personagens e seus defeitos especiais <3 (geração chapolin colorado)

Carol disse...

Não tbm fiquei com a mesma duvida, não lembro quando a regina descobriu isso.
E outra: Regina sabe que a Emma é filha da Snow com o Charming? Sabe que o Henry é neto da Snow?

Mariliajm disse...

Acredito que ela saiba disso devido ao Henry ter acreditado na história do livro, a qual, a Regina sabe ser verdade...e se não me engano o Henry falou para o psicologo (pau mandado da Regina) sobre o livro e suas crenças.

Pvaz74 disse...

quando vi aquela invasão no castelo, pensei ouvir o grito característico da xena.....kkkkkkk......a snow é boa com uma espada na mão.....e como a emma é lerda, depois de tudo que aconteceu, ter crise de medinho e de não tô nem ai pra nada e ninguém.....mereceu a bronca da mamãe mary.....o pobre do henry é que teve que se sacrificar para que ela pudesse acreditar que há magia......mas mesmo assim, eita dó da regininha, pois além de abrir mão da ultima lembrança do amado, acredito que não era a intenção dela jamais machucar o henry.....tô achando que vão acabar todos no reino da fantasia, pois só lá o garoto poderá ser curado....quem sabe regininha não vira a heroina da estória ao abrir mão da maldição para salva-lo?

Mi disse...

To achando tudo lindinho, é o amor e a ligação entre pais e filhos que move os interesses. Só não entendo porque nossa Rainha Má sendo a mais louca bitch dos dois mundos gostar do garoto. Acho que vai mostrar em algum momento porque não faz sentido pra mim...

Gelatino disse...

Que vontade de socar a Emma bem forte durante todo o episódio, atitude estúpida atrás de ações mais imbecis ainda, nossa dava desespero ver ela naquele lero lero ridícula de derrotada com aquele grilo derrotado, ainda bem que pra sorte dela, e nossa, o Henry tem inteligência de sobra pra ela e pra todo mundo em storybrook!!!!

Bianca C disse...

Mas ele não tinha arrancado as páginas finais do livro justamente pra ela não saber?

Janaina disse...

No primeiro episódio quando ela pergunta ao Gold: "quem é essa mulher, essa Emma Swan?" o Gold responde: "ela é exatamente a pessoa que você imagina". No segundo episódio ela fala com o Rumpels na masmorra (em Far Far Away) e ele fala pra ela da criança que pode acabar com a maldição. 

Janaina disse...

Pois é, ótimo episódio... será que vão o usar o truque do beijo do amor verdadeiro? (essa é uma pergunta quase retórica), mas quem beijará o Henry? Emma ou Regina? (essa tmb é uma pergunta quase retórica).

Uma dúvida que ficou: tá certo que o Gold fez de tudo pra trazer a Emma pra Storybrook com intuito de acabar com a maldição, mas porque ele simplesmente não matou a Emma já que queria que a maldição acabasse? Num daria na mesma? Não seria esse o caminho mais "fácil" do que todos esses 21 episódios?

Lari disse...

eu também tinha pensando que ele tinha voltado para Far Far Away quando caiu da janela, fiquei sem entender isso tbm

Mariana Lima disse...

Tb fiquei sem entender nada com a aparição do Chapeleiro! Eu tb entendi que ele tinha conseguido voltar pra Far Far Away qdo ele caiu da janela e sumiu.

Janaina disse...

Pois é, IMO houve um rastro de dúvida se ele havia voltado ou não, mas nesse episódio mesmo se deu a resposta, a Emma não pode fazer mágica, apenas alguns objetos que vieram de Far Far Away tem mágica, os objetos da Regina por exemplo... mas eu só estou especulando...

Lara Rib. disse...

OMG... ainda tô processando esse episódio...Camis, sua review continua incrível!
AMEI esse epi, principalmente pelo clima que ele deixou para a season finale. As cenas em Far Far Away foram maravilhosas com a missão Save the Prince, Save the Word... e que cena foi aquela entre a Snow e a Evil Queen?! a tenção era tanta que dava até pra sentir o gosto.A bronca de MM em Emma também não ficou para trás em tenção, e a cara da Emma de criança que foi pega fazendo trela foi impagável! Vergonha alheia total.Meu coração parou com o Henry comendo a torta!!E que CANALHA a cena de Regininha cozinhando e dizendo pra Emma que já ia ligar para ela quando Emma apareceu, e depois entregando o único doce que ela estava cozinhando "para selar a Paz". Cena digna de livros de contos de fadas EVER!!
P.S* Magic is coming! [2]

Júlio César Ferreira disse...

Talvez essa história de que se a Emma morrer a maldição acabe, seja uma mentira do Rumple, que ja previa que Regina iria querer matar Emma qndo ela viria para Storbrooke.
Outra explicação plausivel é que se Emma morrer a maldição vai acabar instataneamente, e Rumple quer que ela acabe aos poucos pra que ele possa procurar Bael.