domingo, 12 de dezembro de 2010

Being Erica 3x12: Erica, Interrupted


Agora sim, só falta um.

Semana passada me enganei completamente. Estava triste porque essa já seria a Season Finale de Being Erica, mas acabei descobrindo que ainda resta um episódio. Essa é uma ótima notícia, é claro, mas uma coisa é certa: a série poderia ter encerrado sua temporada muito bem com esse episódio.

Foi tudo simplesmente maravilhoso e intrigante. Para começar, fiquei empolgadíssima com o romance entre Erica e Adam. Ele pode não ser dos mais bonitos que já figuraram no elenco masculino da série, mas conseguiu me ganhar. As cenas deles foram doces e cheias de uma sensualidade muito delicada, resultado da química entre os atores, que é realmente grande.

Depois, é impossível não rir com o noivado de Ivan e Dave, com aquela história tão romântica de como se conheceram. Completando, temos Brent, olhando com paixão para uma confusa Julianne, que ainda jura que o assistente é gay. Não posso culpá-la. Brent tem momentos de pura afetação que confundem qualquer um, mas até que eu gosto da ideia dos dois como um casal. Já posso imaginar a cara de Julianne ao descobrir que tudo o que Brent fez foi por causa de ciúme do namoro secreto dela com Friedken.

Porém, o principal de tudo foi o grande teste de Erica. Nunca imaginei que isso viria tão cedo e por isso só soube mesmo do que se tratava quando eles revelaram. Que experiência assustadora. Acordar do coma pela segunda vez e ter todos a sua volta te dizendo que foi tudo fantasia e que aquela vida legal que você acabou de construir não passa de sonho. Estaca zero de novo, com tudo de errado por consertar, até aquele maldito cunhado que você odeia está de volta na jogada.

A dica só veio mesmo na aparição de Leo. O maior arrependimento de Erica bem ali, na frente dela, mais uma vez, dizendo que é hora de desistir porque a realidade só pode ser a das coisas mais feias, piores e destruídas. Mas não para Erica, que naquele momento sabe que verdade ou não, para ela foi real e o aprendizado ficou.

Também adorei aquela tela branca, esperando para ser preenchida. O consultório da Drª. Erica, que já vai começar com seu primeiro e misterioso paciente. Mal posso esperar pelo próximo episódio para ver no que isso vai dar.



PS* Só queria dizer para vocês que encontrei um furo nessa história de Erica voltar ao dia em que quase morreu. Pelo que lembro, Judith estava grávida na 1ª temporada e desfilava de barrigão o tempo todo. Lembram da história das madrinhas lésbicas? Pois é. É um detalhe pequeno e bobo e que não altera em nada o nível de qualidade desse episódio, mas me senti na obrigação de comentar. Talvez eu esteja errada e não lembre das coisas direito, mas enfim, fica registrado aqui.
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

isis accioly disse...

que eu lembre a Judith ficou grávida durante a temporada. no iniciozinha ela não estava grávida não. mas tanto faz isso tbm.

Ana Paula disse...

Eu acho que o próximo episódio é só um especial de Natal, e não vai ter muito conteúdo. Pelo que entendi no site, não vai ter nada do paciente da Erica.

E a Judith está no primeiro trimestre da gravidez, no segundo episódio da primeira temporada.

Mari Bisonti disse...

Esse talvez tenha sido o melhor episódio da série até agora e ainda bem que foi o season finale, porque como um próximo episódio superaria?

O S03E13 Fa La Erica, será apenas um especial de natal e não dará continuidade ao episódio anterior, ou seja, não saberemos de quem é aquela mão.

Comentei o episódio menos resumidamente aqui:
http://cultmeplease.blogspot.com/2010/12/erica-interrupted.html

Thiago disse...

Creio que não tem furo da Judith estar grávida ou não, até porque a Julieanne é enfermeira nessa realidade alternativa.