sábado, 6 de novembro de 2010

Grey's Anatomy 7x07: That's Me Trying


O trauma continua.

Grey’s Anatomy fez mais um episódio excelente, mas cá entre nós, estou cansando desse monte de gente traumatizada. No começo da série, lidávamos sempre com essa característica em Meredith, mas agora é uma epidemia.

O massacre deixou marcas, mas eu adoraria ver a história de alguns personagens seguir em frente. Estou falando especificamente de Cristina, que é o pior caso. Até fala doce ela tem agora. Entendo o problema dela com cirurgia, seus medos e tudo o mais, mas não precisavam transformá-la numa débil mental completa. A novidade agora é que ela pediu demissão e aposto que se Avery, Kepner ou Karev soubessem que era só essa história surgir para todos saírem do treinamento na chuva, teriam até incentivado Cristina a fazê-lo. Outra coisa estranha nesse caso é que, do nada, Cristina culpa Meredith. Demorou bastante para ela chegar a essa conclusão não é?

Entre as coisas boas, tivemos o chilique de Kepner. Ela foi fenomenal em toda aquela sequência surtada e lógico, começou a pintar o clima com Karev. Gostei também desse lento recomeço com Sloan e Lexie. Uma hora a gente chega lá, pelo menos eu assim espero.

Tive pena de Callie e Arizona. Das duas, igualmente. Nenhuma estava feliz e para que tudo ficasse bem a separação era inevitável. Vamos torcer para que Arizona volte logo do parto, digo, da África, para mais dramas no Seattle Grace.

Algo que me irrita é a tal obsessão de Derek com o Mal de Alzheimer. Pode parecer bonitinho vê-lo querendo encontrar a cura para uma doença que ele nem sabe ainda se Meredith tem, mas por trás se esconde a perigosa possibilidade de um dramalhão desnecessário.

Bailey também tem sua obsessão: encontrar a causa da morte de Mary. Infelizmente, acho que o destino quer que ela passe sem essa. Nem sempre a ciência pode explicar as coisas e verdade seja dita, mesmo que pudesse, a situação continuaria tão ruim quanto já é.
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

caio disse...

Acho que a trama da Yang agora anda, acho que a demissão dela vai ser o melhor jeito dela superar, ficar longe do hospital. Ela vai perceber que aquela é a vida dela e vai voltar mais badass do que nunca, NA YANG E NA SHONDA EU ACREDITO HAHA.

Nilo disse...

Camis, outro dia no twitter, a Shonda disse que a Cristina volta logo e nas palavras dela, a forma como ela retorna ROCKS. Esperemos novidades em breve.

Alene disse...

Eu tbm acho a Yang volta com força total, ela vai ficar em casa, e vai descobrir que é um saco ficar longe do hospital, lea voltar botando quente!!

Lu VC disse...

Sei q a Arizona tinha q sair por causa da gravidez mas a maneira q as ela e a Callie terminaram, brigando foi mto bizarro...coisa de roteirista preguiçoso.

Fora isso, o episódio foi mais uma vez da Yang q, depois de mto tempo, culpou a Meredith e resolveu reagir (e de uma forma bem inesperada)!!!

A temporada de Greys tá mto boa, eu só não consigo gostar ainda da April e nem do Avery...chatíssimos na minha opinião

É isso...

Bjoss

Camila disse...

Chocada até agora com os acontecimentos desse episódio!

Reclamei do da semana passada por não ter desenvolvido muito a história dos personagens e parece que Shonda Rhimes resolveu compensar nesse. Ainda estou processando o rompimento de Callie e Arizona e o pedido de demissão da Cristina. A propósito, espero que não dure muito esse ressentimento todo entre Yang e Grey. Estou gostando cada vez mais da April. Ri muito dela surtando. É impressão minha ou a Sarah Drew e a Chyler Leigh são idênticas? Finalmente minha curiosidade em saber o porquê do cabelo da Lexie ter voltado a ser escuro foi sanada. Por último, o que foi a visão das vísceras, cérebro e crânio aberto da Mandy Moore, hein? Priceless.

Camila Antonioli disse...

O trauma deve ser uma constante por toda a temporada e tenho muito fé que isso levará pra algum lugar.

Cristina zumbi já cansou. Creio que a demissão deve ser uma pausa necessária pra ela voltar com tudo.Também concordo que ela demorou mto pra culpar a Meredith.

A parte da April foi sensacional. Ri muito.

Little Grey mora no meu coração.

Angel disse...

Adorei esse episódio com o surto da April, acho que de todos os personagens do Mercy West é a que melhor vem se destacando a cada episódio, porque o Avery me aparenta o bonitinho mimado, no início achava que ele tinha o gênio de Meredith, histórico familiar, mas queria se sobresair, mas me enganei.
Tomara que Cristina volte logo porque a personagem ainda tem muito a acrescentar na trama. Ah e tomara que todos comecem a se recuperar dos seus traumas, porque está ficando cansativo.

Flávia disse...

Lembram quando a Neela se demitiu em ER? No mundo nada se cria...