quinta-feira, 7 de outubro de 2010

The Big C 1x07: Two For The Road


Na trave!

Eu sei que The Big C não é uma série sobre futebol, mas dessa vez, foi impossível evitar a piadinha. Justamente quando achamos que alguém da família de Cathy ia finalmente saber a verdade sobre a doença, eis que toda a revelação dramática e emocionante se transforma em piada.

Eu já estava até chorando pela reação de Sean, quando Cathy resolve que é melhor deixar as coisas como estão e não fazer ninguém, além dela, sofrer por antecipação. É um fardo pesado de se carregar e, embora eu ache que Sean pudesse ser um apoio forte para a irmã, Cathy prefere deixar para depois. Aliás, por depois, vocês devem entender o velório mesmo. Pelo visto a revelação mais esperada pelos fãs vai ficar na vontade ou está reservada para a Season Finale.

Preciso dizer que os momentos com Cathy e Sean na estrada foram ótimos. Os dois são os melhores atores da série e os personagens mais interessantes, por isso, a dobradinha só podia dar certo. Fiquei super tentada a revirar lixeiras e fazer um pic-nic, mas sei lá, melhor esquecer essa ideia esdrúxula agora mesmo.

Além disso, Cathy continua em seu processo de libertação, agora com o pai e até liberando Adam para fazer o que quiser no final de semana e ele, claro, faz. A impressão que dá é a de que Paul e Adam têm a mesma idade mental, mas só posso perdoar o segundo, porque, afinal, ele ainda é adolescente.

Aquele show de imaturidade não é realmente uma surpresa e evidencia cada vez mais os motivos para Cathy guardar o câncer em segredo, como se estivesse esperando que algum dia, os homens de sua vida olhassem na cápsula do tempo para perceber o que estava diante deles o tempo todo.
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Marcus disse...

Achei impressionante como o alívio sentido por Cathy naqueles segundos passaram pra mim, para depois ir tudo por água abaixo. Foi quaaaaaase.

Me emocionei bastante com a cena, prova do quanto esse drama consegue nos envolver.

Mari Bisonti disse...

Adoro o Sean.! Ele é um dos melhores coadjuvantes, está juntinho com o médico e Marlene..
Eu também já estava chorando com as palavras de Sean, e ele me vai e fala que é brincadeira.. Na verdade nem sei se eu gostaria que ela contasse ou não..
The Big C oscila tão bem entre o drama e a comédia, é uma coisa tão suave que a gente está rindo e quando vai ver está chorando também..

Ps.: Emmy para Laura Linney.!

Lu VC disse...

Não sei até qdo a série aguenta ser dramédia, ou melhor, até qdo a Cathy aguenta. A cena dela com o Sean (q é tão ridículo q eu adoro) foi perfeita. Aliás, foi uma previa de q qdo o drama chegar...vixi.
A Marlene é a codjuvante perfeita de uma série. Ela não aparece sempre mas qdo entra na tela, ela é o máximo com todos os seus comentários.

Diogo Pacheco disse...

The Big C está mto bom, este pra mim foi o melhor episodio da serie. A serie dosa mto bem o humor e o drama. Depois da reação de Sean que ela não vai contar pra ninguem mesmo.

bruno knott disse...

Não gostei de Cathy desmentir o câncer segundos depois de falar pro Sean, me pareceu algo artificial demais...

Mas, concordo, ver os dois juntos durante todo o episódio foi fantástico.