terça-feira, 21 de setembro de 2010

The Event 1x01: I Haven't Told You Everything


O novo e piorado Flash Forward.

O grande fiasco do ano passado foi Flash Forward e ninguém discorda. Por isso, ao saber do que se tratava The Event fiquei com o pé atrás e resolvi esperar antes de comentar qualquer coisa. Agora, que já vi o Piloto, digo sem medo: pelo menos Flash Forward teve mais dignidade em seu primeiro episódio.

Tudo é ruim em The Event, nova aposta da NBC. A história é meio tosca, o elenco apresentou atuações medíocres e os personagens têm o carisma de um punhado de pó. Juro, de pés juntos, que tive a maior boa vontade para ver o episódio, o problema é que eu não parava de olhar para o relógio, checando quando ainda faltava e isso, minha gente, é sinal de que a coisa está preta. Com 20 minutos corridos (ou arrastados, no caso), eu estava aqui pensando porque diabos eu deveria prestar atenção às cenas aleatórias das vidas daqueles personagens com quem eu não me importo e que muito menos tinham me conquistado até aquela altura.

Comecei a torcer pelo fim ou por falta de energia aqui em casa, mas o universo conspirou contra mim e segui firme. O tal grande “EVENTO” inclui o desaparecimento de uma moça, o desespero de seu namorado e do pai dela, que pilota um avião enlouquecidamente, até que o dito cujo entra numa passagem de LUZ e desaparece. Sentiram o drama? Nem eu.

Toda a trama é esse mix de mistério, política e provavelmente, uma dose de ciência. Parece ou não parece com aquela bobagem de Flash Forward, exceto pelo detalhe que ninguém desmaiou por 2 minutos e 17 segundos? Teve gente que comparou com Lost, mas só porque teve Ilha paradisíaca, avião e LUZ. De resto, nenhuma coincidência maior, pelo menos até agora.

Entre os personagens principais temos Sean Walker (Jason Ritter), o namorado da desparecida Leila Buchanan (Sarah Roemer), que aparentemente caiu de pára-quedas no meio dessa merda toda, mas vai se atolar mais ainda em nome de seu grande amor. Michael Buchanan (Scott Patterson), pai da desaparecida e piloto do avião que segue em direção a LUZ, Sophia Maguire (Laura Innes) uma cientista que parece saber de tudo o que está acontecendo, mas é aquela que não contou tudo ao Presidente Elias Martinez (Blair Underwood), que descobre, aos poucos, que é o governante mais enganado e desinformado do mundo.

Honestamente, parei por aqui. O grande problema de The Event, além de um início muito mal estruturado, é que a ideia central não empolga e ninguém está interessado em saber onde isso vai dar. É uma pena. Conspiração geralmente rende, mas as séries cheias de possibilidades, mundos paralelos e dimensões diferentes que o público tem encarado ultimamente (excluo Fringe da lista) têm decepcionado tanto que talvez esse não tenha sido o melhor momento para lançar outra produção do gênero.

Comentários
19 Comentários

19 comentários:

Anônimo disse...

Pelo final acredito que tem algo de paranormal. Ou teremos um ET ou alguem com super poderes.
Então The Event pode ser o #novoFlashForward ou o #novoHeroes.

Darlan disse...

"O tal grande “EVENTO” inclui o desaparecimento de uma moça, o desespero de seu namorado e do pai dela, que pilota um avião enlouquecidamente, até que o dito cujo entra numa passagem de LUZ e desaparece. Sentiram o drama? Nem eu".

Agora que eu não assisto essa merda nem fudendo. Chega de Luz, ilha e Avião sumindo na minha vida!

@lunnah disse...

Confesso que fiquei com o pé atras tbm! Achei mal introduzido e sem um final inspirador!
Mas vou seguir em frente pra ver se não é uma má impressão minha e pra matar a curiosidade com o desfecho da serie!
Mas se eu ver que é uma FlashForward da vida vou desistir com certeza!
Essa imagem que vc postou ja lembrou Lost né? kkk
Deve ser a outra realidade paralela haha!

Bjks

Leo Resston disse...

Realmente seus argumentos são perfeitos, mas não é o suficiente pra fazer eu não gostar da série.
Não sei por que, mas eu gostei e fiquei bastante interessado pela série.

Vamos ver se o segundo episódio mantém o nível.

Camis Barbieri disse...

Leo, por favor, se essa série for realmente boa e apenas vítima de um péssimo Piloto, me avise.

Adriel Santana disse...

Camis concordo contigo em tudo.

Foi horrível ter que assistir esse troço.

Também fico por aqui mesmo.

Andrew Maxwel disse...

Camis, deverias ter feito como eu, assistir pulando as cenas aleatórias o que, no final, acabou sendo uma comédia sem graça de vinte minutos. I HAVE told you everything!

Camila Antonioli disse...

Por motivos que nem eu sei direito continuarei a ver essa serie.
Mesmo tendo luz, o que me causa medo.

Thyago Protector disse...

No começo eu achei a narrativa meio confusa. Mas, depois eu achei legal. Existem muitas perguntas e poucas respostas, só que estamos no 1º episódio e eu ainda vou dar uma chance a série. Agora, muitas pessoas estão falando de "Luz, ilha, avião e universo paralelo" e acham q tu vai ser do mesmo jeito, só que não se lembram que outras séries começaram assim, tipo "Fringe", e hoje é o que é.

Sérgio Marcon disse...

Explosão de Pó-de-Pirlimpimpim FAIL!

Diogo disse...

Não achei de todo ruim não, mas com certeza tem um clima todo FlashForward, e provavelmente o mesmo destino, mas eu achei melhor que o maldito.

Todo mundo fala que FF teve um piloto bom, e depois foi piorando, o que não é verdade, FF foi ruim até o último episódio, o piloto só não foi tão ruim, porque não dava pra criar muitos furos de roteiro antes mesmo de ter um roteiro, mas já tava tudo lá, personagens chatos, histórias mal contadas e construidas, cenas de ação de filme da Tela Quente, trilha sonara aleatória possível, e enfoque em melodramas interpretados por atores que só tem uma expressão e não conseguem manter um tom de voz normal, ou cochicha ou grita (sim era o principal, Mark).
The Event, pelo menos teve cenas de ação um pouco mais interessantes e assistíveis (exeto a do carro correndo atras do avião, aquilo foi deprimente), e os melodramas não tomaram muito tempo do episódio.

Mas no final, acho difícil de sair coisa boa daí... devo continuar vendo mais um pouco, mas dessa vez se for ruim eu paro... FF já foi minha série "péssima" que eu vi até o final para ter nível de comparação.

soserie disse...

Eu particulamente, Gostei do episódio, não é uma grande serie dessa Fal Season, mas d´apara passar o tempo. pASSA LÁ NO MEU BLOG http://soserie.wordpress.com. Já te linkei

diogp disse...

Não vou defender mas eu gostei hauhauahuahuahauhauahuahuahuahau.

A LUZ foi evrgonha alheia mas o restante achei legal.

Marcus disse...

Juro que eu estava achando bem ok, até que nos minutos finais apareceu aquela LUZ tosca e jogou tudo por água abaixo. Seria tão melhor se fosse alguam conspiração mesmo, uma trama complexa, cheia de reviravoltas e digressões no tempo. Mas aí vem a LUZ e estraga tudo. Vou ver o próximo para poder formar uma opinião melhor.

Anônimo disse...

Nisso que dar acompanhar 98 series, em 20 minutos jah formou opinião sobre a serie toda, um phd das séries... :D

Tiago Brito disse...

hehehe... Foi The event a primeira serie que estreia nesse fallseason que baixei pra ver... quando chegou ao fim eu pensei o que é isso... sinceramente eu nao gostei muito da serie, tudo que aconteceu no piloto, eu vi no promo... nao teve nada de novo... eu vou assistir ate um 5º episodio... pois sempre dou uma segunda ou quinta chance... mas começou muito mal!!

Anrira disse...

Entendi tudo. Sao os 9 de lost que foram presos pela CIA e agora com poderes adquiridos em uma eclipse qualquer, movem em conjunto um avião pra uma realidade paralela.
MUITO BOAAAAAAAAAAAA, Vai ser o novo LOST.
Beijo

Gean Carlos disse...

Além de ser o ano do gordinhos (como você falou em outro post) esse é o ano das LUZES!

não vai me surpreender em nada se esse bendito avião aparecer na ilha de LOST, porque a ilha o moveu, ou se aparecer no jardins da sookie, porque ela é uma fada e pode fazer isso! rs

no natal vamos ter várias piscas! HAHA

YuRii disse...

eu continuei assistindo e gostei bastante.. chega a um ponto que fiquei curioso, eles envolvem mais pessoas e misterios.. gostei mesmo!